A Academia dos Inacabados no mundo

A companhia pontederesa se apresentou em Kaunas, Capital Europeia da Cultura para 2022. Em breve a turnê continuará em outros países

KAUNAS (LITUÂNIA) – Graças ao teatro, o nome de Pontedera Kaunas, a capital da Lituânia e, este ano, a Capital Europeia da Cultura. O promotor foi oAcademia dos Inacabadosuma realidade cultural que se baseia na cidade da Vespa e que encenou “Gli soifati”.

A da Lituânia foi apenas uma fase de uma jornada mais ampla que continuará nos próximos meses também em outros países, no quadro de um diálogo entre povos e culturas. “Vamos avançar com nossa atividade cultural, levando nossa excelência pelo mundo – explicou o prefeito Matteo Franconi – com a Academia do Incompiuto poderemos realizar, nos próximos meses, projetos importantes na região“.

No país báltico, como mencionado, foi encenada a nova versão do espetáculo “Gli soifati”, inspirada em “La gran bevuta” de René Daumal, que decorreu com participantes lituanos, profissionais das artes do espectáculo mas também representantes das comunidades locais. E, para isso, com textos traduzidos para o idioma local. Um evento organizado em colaboração, entre outros, com a Câmara Municipal e aAcademia Musical Pontedera.

Várias versões do show foram feitas até agora em Parisdentro Brasildentro Equador e na própria Pontedera e em breve será Alemanha, Espanha E Portugalmas também um Cingapura e em Índia, assim como na Itália. Ao fazê-lo, dar uma oportunidade internacional a artistas pontedereses muito jovens, como é o caso do músico Viviane Marine.

Adaptando-se aos contextos culturais de diferentes países, em Kaunas assumiu a forma de “A Caminhada Sedenta”, com um título que lembrava o contexto em que o evento ocorreu: um desfile ou um passeio festivo e colorido pelos pátios de Dainava, um dos bairros da cidade e um dos locais onde Kaunas organizou as atividades do Fluxus Labas, envolvendo o população . E de fato em 300 pessoas acompanharam o showalguns deles participando da coreografia.

Para se preparar para a mostra, artistas da Coreia do Sul, Chile, França, Turquia, Mali, Colômbia e Itália se reuniram em Pontedera com dois meses de antecedência. Os ensaios, por sua vez, aconteceram noAcademia Musical de Pontedera e em Teatro paroquial de Rotta e, antes de partir para a Lituânia, o grupo fez uma apresentação em Praça Curtatone.

Irvette Townere

"Especialista em mídia social premiado. Viciado em viagens. Especialista típico em cultura pop. Analista vitalício. Amante da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.