“A derrota acabou. Vamos pensar em vencer amanhã” – Sport

O nocaute em Lodi na segunda partida não preocupa Sergio Silva, técnico português do Follonica. “O que aconteceu? Nada. Perdemos – ele começa -. Está tudo bem quando você joga partidas deste nível contra adversários realmente fortes. Lodi só queria ganhar muito mais do que nós.” Os poucos minutos passados ​​na pista de Montigel causaram alguma preocupação. “Eles estão todos bem – disse Silva brevemente – o objetivo para amanhã deve ser o mesmo: jogar para ganhar um jogo nesta pista para jogar tudo no Capannino no próximo sábado”. Também houve momentos tensos no banco. “A raiva faz parte do jogo – Silva fecha – acontece com frequência. Há quem tenha jogado abaixo das suas capacidades e espero que a partir daqui as coisas sigam de forma radical”. “Não entramos na pista com tanta força como em Follonica – acrescentou o capitão Federico Pagnini -. Lodi encontrou o seu primeiro golo de uma forma um pouco feliz e com esta vantagem eles construíram o seu sucesso. Tínhamos pouca vontade de anular o resultado.” – em todo caso, damos crédito ao Lodi: ele fez um grande jogo. Mas amanhã começamos do zero, também porque estamos 1-1, nada está comprometido e estamos aqui para vencer. Então os episódios não nos ajudaram”, basta olhar para o post de Francesco Banini quando estávamos 1 a 1 e a primeira cobrança de falta terminou por um fio de cabelo. Este jogo deve ser encerrado, agora vamos nos concentrar em jogar em uma pista difícil, mas com um oponente ao seu alcance.”

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.