a Lega responde irritada à FIGC

ROMAA pergunta e resposta entre FIGC e Lega sobre a história de jogadores que deixaram a aposentadoria da seleção nacional de futebol nos últimos dias não acalma. Fontes da Liga, com uma declaração feita à ANSA, atacaram a FIGC, dizendo “espanto com mais uma tentativa da Federação de desacreditar e, portanto, prejudicar os clubes da Série A em um momento em que, nas palavras do próprio presidente Gravina hoje, devemos estar unidos“.

Zaccagni e Lazzari deixam aposentadoria

Após as inúmeras lesões que assolaram a retirada da Itália, que se reuniu primeiro para a Grande Final com a Argentina e depois para os compromissos da Liga das Nações, as declarações atônitas do técnico Mancini e o amargo comentário do presidente federal Gravina pela saída de Zaccagni e Lazzari acendem a polêmicanunca adormecido, entre a FIGC e a liga Serie A. deprimente, desencadeia um “conflito”, destinado a deixar graves consequências nas relações entre a seleção nacional e o clube da nossa liga superior.

Primeiro a Lazio, depois a Liga, respondem à Gravina

Primeiro rebelde ao Lazio, que fez questão de especificar, por um comunicado de imprensa, a atestação de um sofrimento “crônico” de seus membros Zaccagni e Lazzari, literalmente “obrigado” a abandonar a aposentadoria da seleção. Depois, através de uma declaração à Ansa, os presidentes da Serie A aumentaram a dose, falando de “descrédito” e até de vontade de “prejudicar” os clubes, através de certas declarações, ao contrário do que esperava Gravina, na sua recordação à unidade do objetivo, que no momento parece muito distante.

Veja o vídeo

Mancini: ‘Desistências de Zaccagni e Lazzari também me surpreenderam’

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *