aqui estão os finalistas da Copa Mundial de Patinação Artística 2022. Azzurri assume o controle na Alemanha – OA Sport

O dado está lançado. Eu sou 152 skatistas de onze países diferentes que participará da histórica primeira final docopa do mundo de patinação artísticacompetição de patinação realizada de 8 a 13 de agosto em Göttingen, Alemanha.

De acordo com o regulamento, os atletas participaram da Grande Final obteve a melhor pontuação técnica nas três provas de Trieste, Paredes e Assunção, com um limite de três atletas por país. Falando da categoria Sênior, os azuis vão jogar no campo feminino Giada Luppi (117,29), Rebecca Tarlazzi (104,86) e Micol Zangoli (88,13); depois as ibéricas Andrea Silvia Pascual (98,13), Claudia Aguado (89,45) e Carla Escrich (85,49), as portuguesas Mariana Almeida (89,45) e Ana Beatriz Ventura (69,73) e as duas argentinas Milagros Di Leone (69,73) e Nadia Conci (64,37).

Alessandro Liberatore (149,41), Marco Giustino (132.19) e Danilo Gelao (108,28) serão os representantes da especialidade individual masculina, segmento em que vão lutar com o lusitano Diogo Craveiro (157,28) e com o companheiro de equipa Diogo Silva (97,03), com a sempre perigosa equipa ibérica formada por Hector Diez Severino (131, 32) e Ivan Perez Mangas (121,99), com o alemão Tim Schubert (128,06) e com o argentino Tomas Masia (96,74).

Patinação artística, Mondial 2022: as equipes italianas para os grupos. Division e Crystal Skating lideram a expedição

Quatro pares azuis qualificados em vez disso: de Lucaroni-Tarlazzi (148,32) um Rossi-Esposito (116,45) via Bozzini-Piazzi (91,34) e os espanhóis Severino-Gonzalez (90,16).

Passando a dançar apenas, eles vão jogar pela vitória na Itália Martina Nuti (65,54), Catarina Artoni (61,43) e Chiara de Lucas (59,96); decididamente difícil, porém, o fosso dos adversários, formado por Natalia Baldizzone Morales (65,03), Emilie Zimmermann (64,80), Carolina Castro (65,51), Maria Paulina Perez (63,89), Erika Alarcon (62,07) e Inês Castel (61,17) e Cristiana Oliveira (60,30).

O trio Nicolas Masiero (71,00), Mattia Qualizza (70,67) e Giovanni Piccolantonio (68,50) ficará encarregado de embaralhar as cartas no campo masculino, enfrentando rivais de enorme importância como Llorenc Alvarez Caballero (80,97) e o colombiano Brayan Carreno (66,80), aparentemente mais distante do resto do grupo, entre os quais Juan Francisco Sanchez (60,93), Erik Leite (57,76), Leonardo Azambuka (54,42), Facundo Nieva (52,30) e Angel Sanchez Fernandez (50,67).

Por fim, nos casais de dança, haverá uma bela batalha totalmente italiana entre Stasis-Golluscio (72,33), Masiero Benedetto (70,20) e Allegranti-Artoni, com os colombianos Carreno-Gerena (67,93) tentando colocar uma chave inglesa nas obras. Suarez-Welik (58,70), Fernandez Sanchez-Felix Gomez (53,86), Latouche-Hidouche (51,16), Parrado-Sanchez (48,77) e Trivino-Aranguren (38,06) completam a lista de participantes. Neste link os finalistas de todas as categorias.

Foto: Raniero Corbelletti (cortesia da World Skate)

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.