Bagnaia poderá correr, há luz verde dos médicos

PORTIMÃO – Francesco Bagnaia poderá participar no GP de Portugal. O piloto da Ducati, vítima de uma queda feia na qualificação, já foi declarado apto e vai estar regularmente em pista. Respire aliviado depois do que aconteceu no sábado, em que Pecco perdeu o controle da moto ao bater no chão com força com o ombro direito. Desde o início, ele parecia muito dolorido, tanto que não havia retornado à pista para continuar o Q1. O gerente da Ducati, Davide Tardozzi, tranquilizou a todos, explicando que o menino nunca perdeu a consciência e que as consequências não parecem particularmente graves. No entanto, para evitar qualquer tipo de surpresa, foi acordado um scanner no Hospital de Portimão. Como esperado, o TAC não apresentou fraturas e, portanto, o piloto da Ducati vai correr em Portugal.

Fernández “impróprio”

Menos afortunado foi Raul Fernandez, que também caiu na qualificação e foi visitado por médicos em um hospital. Este último declarou o espanhol “inapto” devido a um problema na mão. Serão, portanto, 24 (e não 25) pilotos no arranque do GP de Portugal, quinta jornada da época de MotoGP. A beneficiar dessa ausência estará Bagnaia, que conquista uma posição na grelha num dia em que será convocado para um regresso sensacional.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.