cinco sementes caem, Nadal e Medvedev – OA Sport se destaca

O terceiro dia do Paris-Bercy Masters 1000 terminou com uma surpresa inesperada, a da eliminação de Rafa Nadal. O Ibérico começa bem com Tommy Paulo, mas depois de ter perdido a segunda fração no tie-break paga a inatividade de dois meses (ele não jogava desde a segunda rodada do US Open) e seu fantasma continua no chão: o americano festejou e eliminou o canhoto do Manacor, que continuou seu jejum na dura Paris, onde nunca conseguiu conquistar a final vitória. Para Paul, será um desafio com Pablo Carreno Busta batendo Denis Shapovalov em uma batalha de duas horas e quinze minutos.

Espanha que pode pelo menos sorrir com o número 1 do mundo Carlos Alcaraz: jogo gerenciável para ele contra os japoneses Yoshihito Nishioka, que desiste com um duplo 6-4 em uma hora e um quarto. Para ele vem o primeiro verdadeiro teste do torneio com o búlgaro Grigor Dimitrov, que eliminou confortavelmente Fabio Fognini no dia.

Mas se é necessário caracterizar o dia de Paris-Bercy por uma palavra, é necessário usar o termo chateadocom três sementes de referência saudando o torneio. No início da tarde, Daniil Medvedev foi derrotado pelo confronto com o australiano Alex De Minaur, com a inconstância do último período a ser o mestre, de modo a fechar o jogo com dupla falta e raquete destruída: a partir de segunda-feira sairá do top 4 da classificação. Para o oceânico agora está a sombra de Frances Tiafoe.

Mas são as outras duas reviravoltas que são interessantes em relação ao ATP Finals, as de Hubert Hurkacz e Taylor Fritz. O pólo é rolado sem apelação pelo dinamarquês HolgerRune, cada vez mais na bola, enquanto o americano se surpreende Gil Simão, o que coloca a retirada que ocorrerá no final do torneio um pouco mais distante. Com estes dois resultados, Andrey Rublev e Felix Auger-Aliassime (vencedor com dificuldade com Mikael Ymer, apenas no tie-break do terceiro set) são os dois últimos a reservar um lugar em Turim ao lado de Alcaraz, Nadal, Stefanos Tsitsipas (vencedor com Daniel Evans sem nenhum esforço especial), Casper Ruud, Medvedev e Novak Djokovic. Tarde da noite, no entanto, a torcida da casa aplaudiu com Corentin Moutet levando a melhor sobre Cameron Norrie em uma luta muito longa.

RESULTADOS DE 2022 ATP PARIS-BERCY, 2 DE NOVEMBRO

L. Musetti b. N. Basilashvili 6-4 6-2
F. Tiafoe b. J. Draper 6-3 7-5
S. Tsitsipas n. D. Evans 6-3 6-4
A. De Minaur b. D. Medvedev 6-4 2-6 7-5
F. Auger-Aliassime b. Sr. Ymer 6-7 6-4 7-6
C. Alcaraz b. Y. Nishioka 6-4 6-4
G. Dimitrov b. F. Fognini 6-0 7-5
G.Simon b. T. Fritz 7-5 5-7 6-4
H.Rune b. H. Hurkacz 7-5 6-1
P. Carreno Busta b. D. Shapovalov 7-6 2-6 6-4
T. Paulo b. R. Nadal 3-6 7-6 6-1
C. Moutet b. C. Norrie 6-3 7-6

Foto: A Imprensa

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *