Corrida de cavalos, modificação circular Mipaaf da programação e regras de corrida de arreios

O Ministério das Políticas Agrícolas, Alimentares e Florestais emitiu dois decretos assinados pelo Director-Geral, Oreste Geriniem que a circular de programação e os regulamentos de corrida de arreios são modificados.

O primeiro decreto tem a seguinte redação: “Art. 1 da circular de planejamento prot. nm 650541 de 12/10/2021 é modificado da seguinte forma: no ponto 1.1. a previsão de ‘20% reservada para cavalos de 5 e 6 anos; 17% para idosos “é suprimido e substituído pela seguinte afirmação “37% reservados para cavalos com cinco anos ou mais”; no ponto 1.2. a previsão de ‘23% reservada para cavalos de 5 e 6 anos; 19% reservados para idosos “serão suprimidos e substituídos pela seguinte declaração “42% reservados para cavalos de cinco anos ou mais””. Para baixar o decreto modificando a circular de programação do trote, clique aqui.

O segundo decreto tem a seguinte redação: “1. A modificação do art. 47 do Regulamento da Corrida de Trote anexo a este decreto, do qual faz parte integrante. 2. Fica estabelecida a entrada em vigor das disposições constantes do documento, nos termos do art. 1 do Regulamento de Corridas de Trote, a partir da data de publicação no site do Ministério de Políticas Agropecuárias, Alimentares e Florestais”. Clique para baixar o decreto que altera o regulamento de corrida de arreios aqui.

Abaixo está o artigo alterado dos regulamentos de corrida de arreios:

“OF ART. 47 Corridas Clássicas – Grande Prêmio

Os Grandes Prémios, as Corridas Clássicas e as datas das respetivas provas são estabelecidas anualmente pela Administração e publicadas no site institucional. As corridas de criação de cavalos de dois, três e quatro anos, realizadas ao par e inscritos na lista do Grande Prémio como Grupos I, são Clássicas, uma disposição especial da Administração em termos de programação. A Administração também aprova regulamentos específicos para corridas clássicas e grandes prêmios que devem permanecer inalterados por pelo menos três anos, salvo exceções expressamente justificadas.

Os cavalos que participem em Grandes Prémios e Corridas Clássicas, nos termos estabelecidos pela Administração, sob pena de exclusão dos mesmos, devem ser conduzidos e alojados em boxes apropriados e concentrados em área especial separada e com supervisão adequada. Para o efeito, as Empresas de Corridas disponibilizarão em tempo útil este espaço adequado, incluindo um número suficiente de caixas e selaria. As provas de preparação são as de três ou quatro anos, programadas com o convite de fórmula que decorrem antes de uma prova clássica. Não têm recurso de exclusão por somas auferidas na carreira ou por desempenho e têm uma dotação não superior ao bónus diário mínimo para cada autódromo, acrescido até ao limite de 30%. A Administração poderá ordenar ou autorizar a formulação de competições com modalidades, habilitações e propostas não previstas nas disposições deste Regulamento por razões técnicas de programação de provas”. Para baixar o artigo alterado do regulamento de corrida de arreios clique aqui.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.