Doenças do Cão de Água Português: patologias comuns da raça

Doenças do Cao de Água Português, uma raça de cão infelizmente predisposta a diversas patologias. Vamos ver o que é.

(Foto Adobe Stock)

Por mais surpreendente que seja, essa raça de cachorro chamada Português Cão de Água, é também um animal bastante predisposto a diversas patologias.

Neste artigo vamos dar-lhe mais informações sobre as doenças do Cão de Água Português. tudo que você precisa saber para cuidar da saúde dele.

Começaremos com uma menção às origens e características desta raça, só assim será possível compreenderQuais são os seus necessidade e de quem Cuidado necessidade.

Doenças do Cão da Água Português

a Português Cão de Água é uma das raças de cães mais antigas.

cao de agua portugues
(Foto Adobe Stock)

É um cachorro de tamanho médio, mede cerca de 50-57 cm e pesa entre 19 e 25 kg.

Tem membros musculosos, especialmente os posteriores, um tronco bem formado e uma cauda que afunila até a ponta.

Com um casaco, geralmente como um leão, com uma pelagem espessa, forte e uniforme, mas sem subpelo e não há queda no cão, cabe ao proprietário decidir que comprimento manter.

O cao de agua português pode ter uma vida útil média de 12 a 15 anos. Claro, depende do cuidado que você está disposto a dar a ele.

Mas infelizmente, apesar de toda a atenção e cuidado, é um cão propenso a patologias específicas comum na raça vsafeta principalmente as articulações e doenças oculares. Vamos ver o que essas doenças do Cão de Água Português

Displasia do quadril

Displasia coxofemoral em cãesé um patologia hereditária portanto, atribuída a indivíduos geneticamente predispostos.

Esta patologia pode ser mais ou menos grave dependendo do caso. Em casos graves, isso pode acontecer Porque Filhote de leão ou apareça no final da idade adulta quando voce tem casos mais leves.

A displasia da anca ocorre quando o fêmur está posicionado corretamente no encaixe do quadril do animal.

Tudo isso consequentemente gera um movimento de claudicação e dor intensa em cães.

Outros sintomas que podem ocorrer variam muito dependendo da idade do cão, estágio da doença e limitação da função articular.

O tratamento da displasia coxofemoral em cães pode chegar a exigir Uma operação.

Displasia do cotovelo

A displasia do cotovelo em cães é uma desordem ortopédica de origem genética e hereditária..

No entanto, certos sinais podem levar ao aparecimento ou agravamento dos sintomas da doença.

A patologia manifesta-se pelo desenvolvimento anormal dos ossos da articulação do cotovelo do cão. Esta condição, ccausa: dor, claudicação e danos nas articulações, bem como osteoartrite.

O veterinário irá prescrever medicamentos anti-inflamatórios não esteróides para tratar a doençaacompanhado de um descanso rigoroso.

Sempre que possível, podem ser administrados suplementos alimentares e/ou plantas medicinais, bem como sessões de fisioterapia para cães.

Atrofia progressiva da retina

Atrofia progressiva da retina em cães é uma doença que afeta os olhos: ocorre quando as células que compõem a retina morrem.

Doença isso acontece em qualquer idade e indiscriminadamente em todas as diferentes raças de cães, incluindo a raça portuguesa Cao de água.

Diagnosticar o distúrbio no animal não é fácil para o proprietário, pois o animal não apresenta nenhum efeito ou sintoma específico de dor.

Somente o veterinário, por meio de exame específico, pode investigar a fundo e verifique se há danos na retina, uma indicação clara da presença de atrofia.

A visão do cachorrona atrofia progressiva da retinase destina a diminuir gradualmente.

Também lhe pode interessar: Cao de agua: Raça, Características, Caráter e Saúde

Catarata

catarata em cães se manifesta com turvação da lente, que obscurece a visão do animal.

Nem sempre é uma condição hereditária em alguns cães ocorre com o envelhecimento, má nutrição, lesão ou diabetes.

É possível intervir com Operaçãoremovendo a lente e substituindo-a por uma lente de plástico.

Cardiomiopatia hipertrófica

A cardiomiopatia hipertrófica é um espessamento do músculo cardíaco causando uma redução no volume nos ventrículos (câmaras principais do coração) de sangue que o coração pode bombear a cada contração.

O animal com cardiomiopatia hipertrófica correm o risco de desenvolver insuficiência cardíaca congestiva e, às vezes, morte súbita.

Com a intervenção do veterinário, será possível administrar terapia medicamentosa que pode melhorar a saúde do cão.

doença de Addison

Doença ou doença de Addisontambém chamado de hipoadrenocorticismo em cães, si ocorre quando as glândulas supra-renais do cão são incapazes de produzir hormônios esteróides suficientesespecialmente cortisol e aldosterona.

Tal patologia é diagnosticado por exame de sangue de um cão e exame de urina.

Depois disso, o veterinário irá proceder com a administração de esteróides e qualquer cuidado de suporte imediato, se o cão estiver em crise Addisoniana.

Distiquíase

Quando os cílios não crescem onde deveriam (na maioria dos casos há cílios na borda ou muito perto da borda das pálpebras) A distiquíase ocorre em cães.

Algumas raças, incluindo o Cao de Agua Portugues, são predispostas nesta condição.

Esta patologiaquando causa qualquer forma de irritação nos olhospode levar ao aparecimento de úlcera de córnea ou ao desenvolvimento de conjuntivite em cães.

A escolha da terapia varia muito de cão para cão e dependendo da gravidade patologia canina.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.