Elli Falsoni vence no CAS Lausanne pela federação mundial de kickboxing

Elli Falsonicom o parceiro Aldo Elli (foto), atendido com sucesso wakoa federação mundial de kickboxing, na arbitragem promovida perante o CAS de Lausanne pela federação portuguesa de kickboxing e muay thai, relativa ao recurso contra a disposição de exclusão da federação nacional portuguesa de Wako, ou seja, da federação mundial para qual ele pertence.

Com uma decisão que sem dúvida abrirá um precedente importante no campo da justiça esportiva dada a singularidade do caso decidido pelo Tribunal Desportivo Suíço (CAS 2021/A/8312), o CAS analisou os fundamentos pelos quais uma federação nacional (como neste caso os portugueses) poderiam ser legitimamente expulsos da sua própria federação mundial, ou seja Wako, órgão que regula e regulamenta o kickboxing em todos os países do mundo.

Acresce que, no mesmo procedimento mas a título cautelar, a federação portuguesa também tinha pedido a suspensão da cláusula de exclusão contra Wako, o que o CAS rejeitou ao aceitar as defesas de Wako.

Elli Falsoni vence no CAS Lausanne pela federação mundial de kickboxing

Leigh Everille

"Analista. Criador hardcore. Estudioso de café. Praticante de viagens. Especialista em TV incurável. Aspirante a fanático por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *