Em Favara “Connected”, o primeiro Encontro Franciscano do Mediterrâneo: o programa

O programa do “Connected”, o primeiro encontro franciscano mediterrâneo a ser realizado em Favara de 24 a 26 de junho, foi apresentado esta manhã durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Arcebispo de Agrigento.

Presentes, além do arcebispo de Agrigento Alessandro Damiano, o ministro regional da Ordem Franciscana Secular da Sicília, Carmelo Vitello, o vice-prefeito de Favara Antonio Liotta e frei Giuseppe Noto, frade menor e assistente espiritual Ofs.

Três dias de eventos, fóruns e momentos de reflexão e animação territorial que serão acolhidos no centro histórico da Cidade do Cordeiro da Páscoa.

O programa de eventos:

Começa na sexta-feira, 24, às 15h. no convento de Sant’Antonio no miradouro de San Francesco com a recepção de voluntários. Às 19h00, terá lugar a apresentação do livro “Sorella Economia” na presença da autora Andrea Piccaluga com a participação do grupo “Café Literário de Favara”. Às 20h30, o convento também sediará um momento de oração, com jantar e ágape fraterno no Jardim de Maria.

sábado 25 de junho, após as laudes matinais marcadas para as 8h30 na Igreja das SS. Rosário, vamos ao primeiro momento de confronto que será animado pela sala Timilia do Castelo de Chiaramonte às 10h30 com o título “Política 2.0: que compromisso?” com o padre Gianni Notari, diretor da escola política Arrupe Palermo. Moderado por Mauro Mangano.

Ao mesmo tempo, na Sala del Collare, espaço de discussão sobre o tema “Crentes credíveis”, com o diretor regional da Libera Sicilia Vittorio Avveduto e Don Giuseppe Livatino. Moderado por Piero Di Garbo.
Também o Château, às 16h, vai receber na sala Collare”Namoro na web: como os jovens se relacionam com o mundo da web ». Ele vai falar sobre o assunto “Como Viver a Web” Professor Francesco Pira, sociólogo da Universidade de Messina. Do “A Web e a Evangelização” Don Giovanni Berti, desenhista, tomará cuidado. Moderado por Antonio Cambria.

Ao mesmo tempo, o fórum será realizado na sala Timilia do castelo “Cooperativas comunitárias e comunidades energéticas, turismo sustentável. Aspecto técnico e design”. Antonio Matina, presidente provincial da Confcooperative Agrigento, tomou a palavra. Moderado por Giuseppe Trovatello. Sempre às 16h, mas na Piazza Cavour, através do primeiro fórum, intitulado “O compromisso sócio-político dos franciscanos no Mediterrâneo”. Uma comparação com os delegados nacionais da OFS do Mediterrâneo em que participarão

representantes da Albânia, Chipre, França, Espanha, Líbano, Belém, Nazaré, Portugal, Eslovénia, Atenas e Itália. Moderado por Noemi Paola Riccardi e Andrea Piccaluga.

Às 18h, na Piazza Cavour, em direção ao fórum “Conversão ecológica: transição verde, regeneração e cultura da criação”. Palestrantes: Andrea Piccaluga, Diretora do Instituto de Gestão da Scuola Superiore Sant’Anna em Pisa; Vincenzo Di Dio, professor da Universidade de Palermo; Giuseppe Savagnone, filósofo responsável pelo escritório de cultura da diocese de Palermo; Mauro Mangano, líder político e franciscano secular. Estão previstas intervenções remotas do Cardeal Matteo Zuppi, presidente da Conferência Episcopal Italiana. O jornalista Giuseppe Moscato é moderador.

Às 19h00, o castelo de chiaramonte acolherá a apresentação do livro “Karibu” pela jornalista Lidia Tilotta. O clube LiberArci di Favara participará. O jornalista Salvatore Picone será moderador.
Às 20h, também haverá um aperitivo no castelo. Às 21h, na Piazza Cavour, o terceiro fórum intitulado “O Mediterrâneo sem fronteiras: reconhecendo-se como irmãos”‘. Oradores: Don Stefano Nastasi, ex-pároco de Lampedusa e co-autor de “Sbarchi di Umanità”; Pietro Bartolo, eurodeputado e ex-médico de Lampedusa; Lidia Tilotta, escritora, jornalista e editora do Mediterraneo Rai3; Monsenhor Cristòbal Lòpez Romero Bispo de Rabat – Marrocos; Noemi Paola Riccardi, Assessora da Presidência do Conselho Internacional da OFS – Referente para o Mediterrâneo e Lello Analfino, artista e testemunha de inúmeras campanhas humanitárias pelo Mediterrâneo. Moderado por Miriam Di Rosa.

Depois, haverá um momento de celebração na Piazza Cavour, com os monumentos da cidade abertos até tarde da noite, graças à colaboração do Município. A área será fechada ao trânsito.

domingo 26, às 8h30, a Igreja do Rosário sediará o culto matinal. Das 9h30 às 11h, na Piazza Cavour, será realizado o fórum “A Sicília que esperamos: regenerada e coerente”.
Oradores: Monsenhor Antonino Raspanti, Presidente do CESI; Gaetano Armao, vice-presidente da Região da Sicília e conselheiro regional para a economia; Florinda Saieva, fundadora do Farm Cultural Park e primeira-ministra; Carmelo Vitello, Ministro da OFS Sicília; Dario Micalizio, presidente da região da Sicília do Fórum da Família. Está prevista uma intervenção artística de Gaetano Aronica. A jornalista Felice Cavallaro será a moderadora.

Às 12h00, ainda na Praça Cavour, terá lugar uma concelebração eucarística presidida por Monsenhor Antonino Raspanti e animada pelo “Gruppo Armonico Incontri” dirigido pela Maestro Graziella Fazzi. À tarde haverá visitas aos monumentos da cidade de Favara, ao parque cultural da quinta e exposições de arte contemporânea.

Elite Boss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.