está no top 10 menos batido da Lazio

Não entre. O sinal está na frente da porta há cinco dias Lácio E Provedel ele certamente não vai querer tirar isso com a Atalanta. Nem chegou o goleiro loiro que já conquistou todo mundo. Primeiro Sarri, que piscou para ele no túnel Spezia-Lazio na temporada passada. Em seguida, os torcedores e, finalmente, o técnico Mancini. Mas Ivan não é suficiente, ele quer ainda mais. Por outro lado, ele havia esclarecido no dia da apresentação: “De agora em diante, só vou pensar no campo para ganhar a confiança do treinador”. Dito e feito. No final, demorou ainda menos do que o esperado. Do erro grosseiro de Maximiano no primeiro dia, o ex-Spezia nunca mais saiu de casa devido à bursite da anca do português, que estava escondida no clube há um mês.

FIGURAS HISTÓRICAS

Provedel arregaçou as mangas e em dois meses e meio já entrou no top dez dos guarda-redes menos derrotados do clube no campeonato com 516 minutos (incluindo intercepções) sem sofrer golos. Não somente. Em dez dias, dados os 6 lençóis limpos obtidos – 7 contando a Liga Europa – já fez melhor do que monstros sagrados como Marchegiani e Pulici, que neste momento da temporada havia parado em 5. Apenas este último tem o recorde de não sofrer gols em um ano (16) e com tanto ritmo para Provedel isso não ser impossível alcançá-los. Enquanto espera para retomar a história, o número 94 também é sentido na Europa. Melhor do que ele nas 5 principais ligas, eles só fazem Ter Stegen (8 lençóis limpos) e Donnarumma (7). Números apocalípticos para o goleiro loiro, que deve tanto às costas. Para Sarri ser honesto, os movimentos de toda a equipe devem ser vistos como uma defesa. É no entanto inegável que por trás disso obtemos um desempenho acima das expectativas, mesmo mudando os protagonistas. Melhor defesa em A (5 golos sofridos) e segundo atrás do Barcelona nos principais campeonatos europeus (4). Assim, depois de ter desarmado o ataque da Udinese, quarta no campeonato, aqui fica o exame da Atalanta, invicta e ainda no alvo em casa. Diferente do passado, desta vez o jogo no Gewiss Stadium será um confronto entre dois fortes (primeira e segunda defesa do campeonato). A média de quase 4 gols por partida será uma lembrança distante?

Sem imóveis, a Lazio certamente terá a difícil tarefa de atingir a meta de outra maneira. O verdadeiro golpe, no entanto, seria não faturar, já que a última folha limpa em Bérgamo remonta a agosto de 2012. Pelo menos desta vez haverá Provedel, já capaz de neutralizar jogadores de Bérgamo uma vez com La Spezia. O sucesso amanhã significaria muito: aproximar-se dos 7 jogos sem sofrer golos de Marchegiani em fevereiro de 98, um recorde absoluto, e subir ao pódio invicto ao bater Pulici na terceira etapa aos 606 minutos. Tantos golos para Provedel e Lazio, seguidos em Bergamo por 1187 adeptos, enquanto a venda para Midtjylland está mal (3300 bilhetes vendidos) e o setor Norte para o derby está quase completo.

RETIRAR O

Enquanto isso, o líder da equipe Derkum e o Dr. Nastri voaram para a Argentina para o mini-torneio desejado pelo Papa Francisco, mas Sarri decidiu se aposentar em dezembro. Como alternativa a Formello, local mais popular, iremos para Portugal ou Espanha. No país lusitano, o clube ficaria hospedado no Cascade Wellness Resort, em Lagos, no Algarve, região mais a sul. A opção espanhola inclui uma estadia no hotel Parador de El Saler no paraíso do golfe Valência. Finalmente, haveria também a alternativa turca ao hotel Miracle Resort em Muratpasa em Antalya. O parêntese estrangeiro não é mais impossível.

© DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS

Irvette Townere

"Especialista em mídia social premiado. Viciado em viagens. Especialista típico em cultura pop. Analista vitalício. Amante da web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *