Green Pass regressa a Portugal para espaços públicos

O Green Pass e as máscaras estão de volta a Portugal. O governo de Lisboa decidiu esta noite reintroduzir a obrigatoriedade de um certificado verde para espaços públicos como restaurantes, bares, hotéis e ginásios, mas também para discotecas, grandes eventos e acesso a casas de repouso. As máscaras voltam a ser obrigatórias em espaços públicos fechados e os passageiros que chegam do estrangeiro aos aeroportos terão de apresentar um teste negativo.

O governo, informa o site do jornal Diário de Notícias, também planejou uma “semana de confinamento de contactos” entre 2 e 9 de janeirodurante o qual bares, discotecas, escolas e jardins de infância estarão fechados. Teletrabalho também será obrigatório. A nova pressão vem como em Portugal, Apesar da alta taxa de vacinação, as infecções começaram a aumentar novamente. Hoje, pelo segundo dia consecutivo, foi ultrapassado o limiar de 3.000 novos casos, tendo ontem atingido o maior número de infeções desde o final de julho.

O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, saudou o sinal verde da EMA para a vacina da Pfizer para crianças dos 5 aos 11 anos como “boa notícia”.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.