Itália venceu a Bulgária em três sets

A Itália começa com Bosio na direção, Bonifacio e Chirichella no meio, Degradi e Perinelli nos grinders, Diop na frente e Fersino livre. Inicialmente, a Bulgária surpreendeu os blues por 3-6 com Chauseva como grande protagonista. A Itália resiste à força adversária ao encontrar pontos de 10 com Perinelli e Bonifacio. A inércia do primeiro set, no entanto, permanece nas mãos dos búlgaros até as entradas de Enweonwu e Squarcini, que levam a Itália a -3 (17-20), forçando a Bulgária a parar. A Itália recuperou a igualdade aos 23 e depois ganhou a vantagem graças a jogos de Enweonwu e um ás de Perinelli (27-25) que alegraram o Palazzo Wanny.

No segundo set os azuis não se surpreendem e dão logo o ritmo certo ao jogo com Degradi e Diop em evidência (10-6). Chauseva e seus companheiros de equipe não estão desistindo, voltando 13-15 na frente com uma sequência de 6-0. Mazzanti revive Enweonwu e Battistoni em campo, mas os ataques de Degradi revivem o entusiasmo em campo (17-18). Na final, novamente com vantagens, Diop assume a cadeira que com 2 ataques vencedores e um ás dá à Itália o segundo set (26-24).

No terceiro set os azuis sofrem uma quebra de entrada (3-8) e depois tomam as rédeas do jogo com firmeza. Squarcini, Enweonwu e Degradi fazem a diferença no ataque (21-17). A própria Degradi marca o craque decisivo que permite à Itália fechar a partida (25-19).

TABELA-

ITÁLIA – BULGÁRIA 3-0 (27-25; 26-24; 25-19)

ITÁLIA: Perinelli 5, Chirichella 5, Bosio 2, Degradi 19, Bonifacio 5, Diop 8, Fersino (Libero), Guerra, Battistoni, Squarcini 8, Panetoni (Libero), Enweonwu 8. NE: Graziani e Panetoni. Rebanhos Mazzanti

BULGÁRIA: Todorova 6, Chauseva 13, Dimitrova G. 6, Dimitrova N. 6, Kitipova, Paskova 4, Todorova Z (Libero), Marinova, Milanova 2, Vasileva R. 4. NE: Neykova, Barakova, Saykova, Usheva, Krusteva, Krivoshiyska. Rebanhos de micelas

ÁRBITROS: Viterbo e Fontini

Duração do set: 28′, 27′: 22′

Espectadores: 3200

Itália: a 10, bs 10, m 3 e 27.

Bulgária: a 0, db 6, m 7 e 26.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.