Juve é eliminada da Liga dos Campeões, Benfica vence 4-3

AGI – Juventus perde com o Benfica e diz-se definitivamente adeus esperanças de classificação para as fases eliminatórias da Liga dos Campeões. No estádio Da Luz, os portugueses venceram por 4-3 graças aos golos de António Silva, João Mário e dois de Rafa Silva, que condenaram os bianconeri à eliminação a uma jornada do fim.

Gols de Vlahovic, Milik e Mckennie pelo time de Allegri não são suficientesque apesar de tanto orgulho com os muito jovens entrou na final, quando estava a três golos, deve agora visar pelo menos defender o terceiro lugar sinónimo da Liga Europa.

O português começou melhor e aos 17′ abriu o placar com um cabeceamento do jovem Antonio Silva, bom o suficiente para compensar o tempo de Gatti com um cruzamento de Fernández e vencer o Szczesny por 1 a 0.

A reação A Bianconera, porém, é imediata e, aos 22 minutos, chega o empate de Vlahovic: tudo começa a partir de uma situação de canto, a bola chega ao sérvio que primeiro é empurrado por Vlachodimos na frente do gol, depois responde o gol 1-1.

Nem deu tempo de reajustar que o Benfica achou de imediato o episódio para avançar, graças a uma grande penalidade de João Mário após um toque de mão na área de Cuadrado.

A partida foi linda e divertida, a Juve não se conteve, porém, e aos 34 minutos uma grande chance foi construída para o novo empate, que Vlahovic falhou em um cruzamento de Kostic.

Na reversão à frente embora os portugueses ainda encontram o trio com uma maravilha de Rafa Silvaque pulou no calcanhar no saque de João Mário, fazendo 3 a 1.

No início do segundo tempo, é tarde da noite para o time de Allegri, forçado a levar o pôquer mais uma vez por Rafa Silva, muito frio para superar Szczesny com um toque suave cara a cara.

Realmente parece que acabou para a Juve, mas no último quarto do jogo, em menos de dois minutos, os gols de Milik e Mkennie questionou tudo retumbantemente depois de várias chances perdidas pelo Benfica para encerrar a discussão definitivamente.

Mesmo aos 86′ Rafa Silva teria a bola para o seu hat-trick pessoal na direita, mas na frente de Szczesny acerta um poste incrível. Em uma final turbulenta, Gatti, por outro lado, ficou a centímetros do que teria sido um empate sensacional, acertando a trave com uma cabeçada.

Leigh Everille

"Analista. Criador hardcore. Estudioso de café. Praticante de viagens. Especialista em TV incurável. Aspirante a fanático por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *