Kim Min-Jae cerra os dentes

Kim Min Jae deu por si no campo de treinos do Al Egla, em Doha: ontem, correu tranquilo na véspera das oitavas de final desta noite (20h), contra o Brasil. zagueiro sul coreano Nápoles, depois de perder a última partida contra Portugal devido a uma dor na panturrilha direita, ele quer estar em campo no tão aguardado jogo contra o Brasil e ocupar seu lugar na zaga central: a dúvida só será dissipada nas últimas horas do dia antes. Após o jogo contra Gana, vice-campeão do grupo, Kim foi obrigado a faltar aos treinos e não conseguiu se recuperar para o jogo contra Cristiano Ronaldo. A partir de agora, sua presença seria muito importante contra o superataque do Brasil: o sul-coreano de 26 anos, pilar da defesa do Napoli, também é um dos mais experientes de sua seleção, ao lado de Son, atacante do Tottenham. .

O técnico português da Coreia do Sul, que treinou dois meses no Brasil no Cruzeiro, às vésperas da partida contra os verdes e dourados, argumentou contra a Fifa. “Não temos tempo para treinar direito porque é impossível passar algo para os jogadores se você tiver que voltar ao campo depois de apenas 72 horas. Não acho isso humano nem justo. Não somos o Brasil, que pode se dar ao luxo de mandar outro time a campo no terceiro jogo da fase de grupos para descansar os que jogaram até agora” e acrescentar: “O Brasil é para mim o grande favorito desta Copa, porém, temos que tome nota do que a FIFA quer basicamente, que é criar cada vez as piores condições para os que já são inferiores e favorecer os mais fortes”.

No Brasil será Neymar que ontem treinou regularmente com seus companheiros de seleção durante a disputada finalização da noite em Doha. O campeão brasileiro, porém, se movimentou sem problemas, sendo repetidamente borrifado com spray analgésico no tornozelo direito lesionado durante a partida contra a Sérvia. “Se Neymar treinar, isso significa que ele está bem e depois jogará”, disse Tite, o técnico da seleção brasileira, que também falou sobre as condições dos dois zagueiros da Juventus. “Alex Sandro está ausente, não está em condições físicas e mentais para jogar: não vamos colocá-lo em campo porque respeitamos a saúde dos jogadores. Já para Danilo, ele estará regularmente no jogo”. Este último evoluirá na linha defensiva pela esquerda. “Lembre-se de como ele foi testado em seu clube”, disse Tite, aludindo ao fato de que Allegri também o jogou como lateral-esquerdo. A dúvida é quem vai acertar entre o favorito Eder Militão e o veterano Dani Alves. De resto, o time titular voltará: Paquetà e Casemiro no meio-campo e o tridente Raphinha-Neymar-Vinicius Jr. atrás de Richarlison. O Brasil em busca de um sucesso para dedicar a Pelé. O técnico Tite falou sobre O Rei durante a coletiva de imprensa. “Olá Pelé! Ele é o único que me fez tremer de emoção quando o conheci.”

Henley Maxwells

"Solucionador de problemas. Criador certificado. Guru da música. Beeraholic apaixonado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *