“La Zannotti-Fraccacreta” de San Severo a Badajoz (Espanha) para a conclusão do projeto Erasmus

EMOCIONANTE CONCLUSÃO DO PROJETO ERASMUS

Para alguns docentes da equipa Erasmus do IC “Zannotti-Fraccacreta” e para a directora, Dra. Carmela Vendola, concluiu-se recentemente a mobilidade em Badajoz (Espanha), que selou o encerramento do projecto KA229 “Dejar huella ecologica”. para o biênio 2020/22.
O CEIP Manuel Pacheco, principal escola de acolhimento, bem como um dos centros pioneiros da Extremadura na coordenação ou participação em programas europeus há cerca de duas décadas, não parou de “abrir portas e janelas” para mostrar aos centros dos 11 países parceiros a atividades didáticas relacionadas à formação de futuros cidadãos do mundo. Formação centrada nos valores democráticos da UE, eco-sustentabilidade, saúde, bem-estar e inclusão. De fato, os temas diziam respeito à ecologia, aceitação e respeito a outras formas de pensar, compreender, viver e ser, bem como formas de se expressar por meio de diferentes linguagens.
A troca de culturas, costumes e métodos de ensino-aprendizagem foi fonte de enriquecimento para todos os participantes.
Convidado de honra, o Secretário Geral da Educação, Francisco Javier Amaya Flores, visitando a escola para celebrar este encontro que reuniu 32 professores e 6 diretores dos centros parceiros das escolas de Sofia (Bulgária), Bordeaux e San Juan de Luz ( França), Catânia e San Severo (Itália), Porto e Ponta do Sol na Madeira (Portugal), Spot (Polónia) e El Hierro e Tenerife (Ilhas Canárias). Cada escola organizou vários workshops com os alunos de Badajoz para mostrar o trabalho realizado em cada um dos dois projetos Erasmus + concluídos: “Saúde & Bem-estar” e “Ecologia”.
Um corredor transformado em museu oceanográfico, horta escolar para ensinar compostagem, salas de aula onde professores portugueses e italianos organizaram oficinas de reciclagem e danças típicas como a tarantela, laboratório onde professores poloneses trabalharam as emoções causadas pela guerra na Ucrânia, repetindo as experiência vivida com os alunos ucranianos que chegaram ao seu centro em Spot fugindo da guerra, são apenas alguns exemplos de um intenso programa Erasmus + Day no CEIP “Manuel Pacheco” dirigido por Mª Isabel Rodriguez Tejada.
O evento escolar decorreu no âmbito da Conferência Erasmus + sobre cooperação para a inovação e intercâmbio de boas práticas de associações de escolas europeias, que se prolongou ao longo da semana de 30 de maio a 3 de junho com diversos eventos de divulgação de programas, com que outros centros educativos de Badajoz colaboraram, como o IES “San Fernando”.
Além de conhecer o sistema educativo espanhol em geral e o programa educativo “Manuel Pacheco” do CEIP, os professores visitantes tiveram a oportunidade de conhecer a riqueza cultural, histórica, gastronómica e natural da Extremadura. No programa, visitas à Alcazaba de Badajoz e observação de aves durante um passeio pelas margens do Guadiana, visita ao centro histórico de Cáceres e ao seu Museu de Arte Contemporânea Helga de Alvear e ao sítio Centro Arqueológico de Mérida, todas Cidades Património da Humanidade. A recepção também aconteceu no hospital ‘Centro Vivo’ onde os professores coordenadores expressaram seus agradecimentos em espanhol por sua colaboração para alcançar os objetivos juntos. A professora Daniela Carella interveio no “Zannotti-Fraccacreta”. Seguiu-se a troca de presentes com as autoridades locais pelos outros professores envolvidos na mobilidade: Grazia Pice e Daniela Tota. Definitivamente uma experiência educativa e construtiva que deixará sua marca… de fato, la huella!

DANIELA CARELLA

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.