Moção no governo contra a realocação de La Posta: “Intolerável e insustentável”

BERNE – “A Confederação proíbe os Correios Suíços de transferir suas atividades e serviços para o exterior”. Este é o título da moção apresentada por Piero Marchesi no Conselho Federal e assinada por vários conselheiros nacionais, incluindo Fabio Regazzi do Ticino, Marco Romano, Lorenzo Quadri, Bruno Storni e Alex Farinelli.

“O Conselho Federal – lê-se no ato parlamentar -, como representante do único acionista da Confederação, é responsável por fornecer disposições claras e vinculativas à Swiss Post Ltd e a todas as subsidiárias – Post CH Ltd, PostFinance SA, CarPostal Suisse SA, Poste CH Comunicazione Ltd, Post CH Network Ltd e SPS Holding Ltd – para proibir a transferência de atividades e serviços para o exterior”.

“Nas últimas semanas, a Swiss Post SA, através de um comunicado de imprensa, anunciou que iria realizar uma deslocalização massiva do setor de TI para Portugal, para Lisboa, onde pretende contratar 120 especialistas em TI a médio prazo. Na resposta à pergunta 22.7664 Marquises “Correios Suíços: o Conselho Federal impede a deslocalização de serviços informáticos para Portugal!” lembrou que a empresa goza de plena autonomia operacional e que o Conselho Federal não pretende interferir nas decisões operacionais da empresa”.

E mais uma vez: “Como único acionista, a Confederação deve poder ter voz na estratégia de uma empresa que possui. Ignorar e não intervir na determinação de questões claras, especialmente em questões que afetam o interesse público, é inadequado e insustentável. A Confederação deve garantir que as empresas mantidas criem empregos na Suíça para residentes e não permitam deslocalizações prejudiciais para o exterior. Essa questão específica não pode, portanto, ser relegada a uma questão operacional, mas é uma questão estratégica em que o proprietário – a Confederação de fato – deve decidir claramente”.

Beowulf Presleye

"Extremo fanático por mídia social. Desbravador incurável do twitter. Ninja do café. Defensor do bacon do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *