MotoGP 2022. GP de Portugal, Aleix Espargaró: “Há uma oportunidade, temos de a aproveitar” – MotoGP

Depois da vitória na Argentina, eis o terceiro lugar de Portugal: “Temos problemas de embraiagem, senão poderia ter terminado em segundo. O objetivo deve ser o título: estou num bom nível e a moto também: o casal Espargaró/Aprilia está a trabalhar muito bem”

24 de abril de 2022

Portimão- Aleix Espargaró repete de novo e de novo“É difícil, mas o objetivo pode ser o título”. Um exagero? Não. Pelo menos nesta época da temporada. Vamos ver. Mas entretanto, o ranking indica que o piloto da Aprilia está apenas três pontos atrás da dupla Quartararo/Rins, tendo Aleix já subiu ao pódio duas vezes, primeiro na Argentina, terceiro em Portugal. Muitas coisasalém das dificuldades encontradas em Austin.

“Sabíamos que no Estados Unidos teria sido complicado, mas mesmo que o resultado final não fosse certamente positivo, a diferença com o primeiro foi limitada. Em 2021, nesta pista, levei mais de um segundo por volta, enquanto este ano cheguei em 11 segundos: esta corrida me fez perceber que em outros circuitos teríamos sido mais rápidos. E aqui confirmamos: Estou me divertindo com esta Apriliavocê pode lutar pelo campeonato”.

TEstá tudo a correr pelo melhor?

“A combinação Espargaró/Aprilia ou, se preferir, Aprilia/Espargaró está a funcionar muito bem, gosto da nova moto: estamos quase no topo do campeonato. Existe esta oportunidade, tem de ser explorada. Estou a um passo longe do bom nível no momento, mas o RS-GP também está”

Parece que você continua tendo problemas no início.

“É verdade, temos absolutamente que melhorar o atrito: tentamos de tudo, mas não conseguimos encontrar uma largada eficaz no início. Eu sei que Lorenzo Savadori está tentando algo novo, espero que possamos dar uma mão. Perdi algumas posições (no final da primeira volta Aleix era sétimo, largando em terceiro, NDA), foi difícil ultrapassar Alex Márquez, mas depois consegui um bom ritmo, mais alto que os da minha frente “

HVocê está esperando pelo segundo lugar?

“Claro, mas no final não tive mais tração, insistir teria sido inútil. Muito ruim para a largada: Quartararo não estava ao meu alcance, mas o segundo lugar sim, perdi quatro pontos”

Então há um arrependimento, o copo não está meio cheio?

“É muito completo, além de: você tem que estar feliz com este pódio”

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.