MotoGP, GP Portugal 2022. Joan Mir é o favorito. Com Bastianini e Bagnaia na retaguarda, Ducati confia em Zarco – OA Sport

Para 14h00 a partir de hoje começará a Grande Prémio de Portugal do MotoGP. As chances de ver uma corrida molhada são pequenas, pelo menos de acordo com a previsão do tempo, então pode-se esperar uma competição regular em condições secas. A julgar pelo que vimos entre sexta e sábado, a impressão é que o grande favorito tem nome e sobrenome. Vamos falar sobre Joan Mir.

Na verdade pode ser um aposta designar como principal candidato ao sucesso um piloto que, apesar de Campeão do Mundo, venceu apenas uma corrida na carreira, muitas vezes oferecendo-se no papel de grande finalizador. Bem verdade, porém, são justamente as características do sujeito que reforçam sua candidatura. O maiorquino é um “animal de raça pura”, mas em Portimão é é constantemente oferecido no topo na classificação desde a primeira sessão de treinos livres. Seco ou molhado não parecia fazer diferença, pois ele era extremamente rápido independente das condições do asfalto. Como se isso não bastasse, começará a partir de primeira filaportanto, ao contrário de muitas outras ocasiões, ele deve estar instantaneamente no grupo da frente, sem ter que perder tempo se recuperando nos estágios iniciais.

Obviamente, nesta louca MotoGP 2022, também pode acontecer de Mir desperdiçar uma grande oportunidade, porque agora não estamos mais surpresos com nada. No entanto, logicamente, é ele vá para cara hoje. Preste atenção também João Zarco, na classificação anormal de ontem, o francês causou uma impressão muito boa e não seria estranho vê-lo passar primeiro sob a bandeirada pela primeira vez em sua carreira. No entanto, pela primeira vez, ele também terá que perceber sua alta velocidade na volta voadora à distância. Até o momento, a contagem anuncia 6 pole positions na categoria rainha, sem sequer um único sucesso.

VIDEO MotoGP, o terrível acidente de Francesco Bagnaia em Portimão com a Ducati

Com toda a probabilidade, o líder geral mudará novamente. Enéias Bastianini e alex Limparrespectivamente primeiro e segundo na Copa do Mundo, começará a partir de volta. Uma boa oportunidade para este Mir e para Aleix Espargaró, que vai largar da primeira fila com a sua Aprilia. Além disso, nunca exclua Fabio dos jogos Quartararoembora a versão de 2022 (especialmente a Yamaha) certamente não seja semelhante à versão de 2021. Pode haver alguma curiosidade em torno de Marc Marca, nono e azarado na qualificação. Sem a bandeira amarela, ele teria largado em quarto. Outro retorno à vista?

Bem, vamos ver o que ele vai fazer Francesco Bagnaia. PECO ontem, ele bateu forte e levou um duro golpe no ombro, pagando caro pelo risco de entrar na pista diretamente com slicks no Q1. Ele vai largar da última posição e conquistar alguns pontos parece ser o objetivo máximo.

Foto: A Imprensa

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *