Mourinho pronto para as eliminatórias para o Mundial: ‘Vamos Portugal, vamos’

O treinador da Roma agradeceu à Itália, mas lembrou a todos o quão português é o seu coração: “Ninguém pode esperar que eu seja neutro”.

As eliminatórias da Copa do Mundo estão se aproximando rapidamente. Em 24 de março, de fato, a Itália e além entrarão em campo para as semifinais dos play-offs, úteis para se classificar para a final e possivelmente para o torneio do Catar no próximo outono. Em campo, a seleção italiana contra a Macedônia do Norte e Portugal de Cristiano Ronaldo contra a Turquia.

Os dois vencedores defrontam-se na final, com Itália e Portugal no cartão de favoritos. Uma partida especial, se acontecer, para José Mourinho, atualmente no comando da Roma depois de fazer história com a Inter. Um grande amor da parte dele também pela Península, mas encorajo sua pátria.

Mourinho falou sobre isso ao DAZN, após a vitória sobre a Lazio por 3 a 0. Muito sério ao falar sobre o sucesso contra os Biancocelesti, o ex-técnico do Tottenham e do Benfica se separou ao falar sobre as eliminatórias da Copa do Mundo:

O artigo continua abaixo

“A Turquia e a Macedônia do Norte não devem ser esquecidas. A Turquia será difícil para nós, ninguém pode esperar que eu seja neutro. Eu amo a Itália, adoro morar lá e obrigado pelo que vivi na Inter e agora em Roma, mas venha em Portugal. Vamos”.

Ao manifestar o seu amor por Portugal, Mourinho também bateu a mão no peito, encantado por recordar a todos o seu amor pela terra onde nasceu e onde alcançou os seus primeiros sucessos de elite, ou seja, os seis troféus conquistados com o Porto , incluindo uma Liga Europa e uma Liga dos Campeões entre 2003 e 2004.

Portugal, Turquia, Itália e Macedónia do Norte fazem parte do Caminho C das eliminatórias europeias para disputar o Mundial de 2022. Em A estão Escócia, Ucrânia, País de Gales e Áustria, mas o desafio entre os dois primeiros foi adiado para boa marca. razões que atravessam Kyiv e a nação ucraniana.

Em B, por outro lado, estão Rússia e Polônia, os primeiros atualmente bloqueados pela FIFA, além de Suécia e República Tcheca. Em 24 de março, portanto, apenas quatro das seis partidas inicialmente previstas serão disputadas.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.