Nápoles em +5 na Deusa. E o super-desafio sábado em Bergamo

A décima segunda jornada do campeonato será provavelmente uma das mais importantes de toda a temporada: não só porque o Marcha de Napoli Alieno continua com um ritmo que parece imparável (décima terceira vitória consecutiva, 50 gols marcados, artilheiro do Osimhen). o sensacional Toro vence o Milan e Salernitana no Lácio lançou os napolitanos fugindo do campeonato: apenas Gasperini, a -5, resiste na sequência de Spalletti e sábado, 5 de novembro, em Bergamo, será jogado Atalanta-Nápoles, um desafio mais superlativo do que se poderia imaginar. A queda do Milan, que não perdia desde 17 de novembro e agora está -6 atrás do Napoli, foi tão inesperada quanto estrondosa. Graças ao melhor jogo da temporada da Toro, que dobrou os campeões italianos com uma tentativa de igualar a formidável granada e finalmente conquistou o primeiro sucesso em um Grande desde que Juric sentou no banco de Turim. O gol de Messias não foi suficiente para os rossoneri, o que desencadeou a partida fúria de Juric, expulso do Abismo. Igualmente marcante foi o golpe de Salernitana no Olimpico contra uma Lazio que, há apenas uma semana, havia deixado para trás a vitória na Atalanta, revivida no Empoli, onde se estabeleceu como um grande time, relançando Hateboer no gol depois de dois anos e finalmente lançando Ademola Lookman em órbita, com o quinto gol em 12 jogos. Nunca, em sua história, depois de doze dias de torneio Dea tinha sido tão alto e nunca marcou 27 pontos, outro recorde histórico desde que a regra de três pontos por vitória está em vigor. Sábado em Bergamo vai ser muito bom de ver.

Inscreva-se no Corriere dello Sport Fantasy Championship: Mister Calcio CUP

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *