“O percurso de Mourinho é assustador mas somos fortes”

ROMA – Retirada feita, o Feyenoord ddepois da estadia em Portugal, no Algarve, está pronto para os últimos dias de trabalho e para a deslocação a Tirana para defrontar a Roma na final da Liga da Conferência. A preparação no luxuoso resort de frente para o Oceano Atlântico decorreu da melhor forma: calma, privacidade (excepto no UEFA Media Day), sol mas também uma temperatura não muito quente que permitiu à equipa da Slot trabalhar bem em o início da manhã e o final da tarde. O treinador holandês falou no site da UEFA da final em Tirana e Mourinho: “O currículo dele também é impressionante porque Mourinho ganhou muitas finais, mas acima de tudo temos que nos concentrar em seu time, suas táticas e a maneira como ele joga, independentemente de quantas finais ele tenha vencido. A Roma sabe jogar bem as partidas importantes, e sim, mostra especialmente na rodada de 16”.

Sobre Roma: “Apenas as melhores equipas chegam à final, por isso é lógico que tenhamos de enfrentar um forte – diz Slot – mas o mesmo vale para a Roma: eles também terão de enfrentar um adversário forte”. Mas que tipo de formação é o Feyenoord? “Somos uma equipa com mentalidade ofensiva que gosta de ter muita bola e jogar com intensidade – responde -. Quando não temos posse de bola, queremos recuperá-la o mais rápido possível pressionando agressivamente. acho que somos um time difícil de vencer. O grupo tem qualidades para conquistar os troféus. Não conseguimos ganhar o campeonato ou a taça, mas ainda temos uma oportunidade única na Europa. Os caras têm que perceber que esse time tem potencial para ganhar algo, e teremos que provar isso em 25 de maio.”

Assista a galeria

Double Abraham e Trio por Pellegrini: Festa de Roma em Turim

Camisa Abraham: descubra a oferta

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.