Órfãos ucranianos convidados para Mascali Entertainment, Sports, News

Embora a situação na Ucrânia permaneça crítica, a Sicília não está de braços cruzados. Mesmo nossa esplêndida ilha tentou oferecer sua pequena contribuição nesta conjuntura sombria da história européia, que não mostra sinais de dissipação e, de fato, vê novas revelações feias todos os dias. Em tudo isso, Mascali e seus cidadãos – como muitas outras cidades sicilianas – se tornaram os protagonistas de uma bela manhã organizada para os órfãos ucranianos.

Passe um dia para a paz

Ontem, 5 de abril de 2022, aconteceu uma magnífica iniciativa na Place de Mascali para receber o 19 crianças órfãs ucranianas do orfanato do município de Charnihivassim como as famílias acolhidas pela SAI de Mascali, centro de acolhimento do Cooperativa Iride. As famílias e crianças foram acolhidas pela comunidade de Mascali graças sobretudo aos esforços de Carmelo Portugal e Alfina Lombardo de Ass. Espaço Sem Fronteiras. Com o apoio do conselheiro de Mascali Barbagallo e do diretor do Instituto Polivalente Leonardo Grassi, organizaram e coordenaram uma manhã dedicada à paz e contra a guerra.

Várias turmas envolvidas, que durante o evento exibiram o outdoor e levaram adiante, com criatividade e força, a ideia de paz. Houve flash mobs musicais, músicas solo, e alguns caras até fizeram uma composição de rap rítmico.

E depois mais rimas e poemas, todos recitados na praça para um momento de grande partilha. O momento em que as crianças ucranianas, junto com suas famílias, cantaram o hino de sua terra natal foi absolutamente especial. Para encerrar, Padre Saro, que finalmente nosso pai comemorou, primeiro em italiano e depois em ucraniano. “Eu gostaria de um pai nosso; lembre-se que a paz é dom de nosso Senhor Jesus”

Órfãos ucranianos em Mascali

Hoje, as crianças ucranianas, nas palavras da própria diretora, estarão sempre envolvidas numa iniciativa e transformarão todos os plexos para voltarem a ser alunos e viverem um dia de normalidade. Durante o evento, falou-se em envolver todas as crianças nas atividades escolares, com uma abordagem gradativa para aclimatá-las ao instituto. “Ambiente protegido que não deixará de acolhê-los”. O Concurso de Solidariedade Familiar também impressiona “Repito sempre: a colaboração eficaz entre escola e família é fundamental. Esta é a mensagem que quero transmitir”, continuou o diretor Brancato. “A escola se abre para o território, mas escola sem família não é nada. Assim colaboramos, participamos e vamos longe”.

Acolhendo órfãos ucranianos

Obrigado a todas as autoridades e em particular ao Sr. Inprima, que disponibilizou o serviço gratuitamente, sem o qual não teria sido possível realizar o evento. Um muito obrigado a todos os professores e a todas as famílias, enfim, uma chuva de agradecimentos por um evento que trouxe uma onda de sorrisos em um momento muito sombrio.

Outras iniciativas nas próximas semanas

Como já se repetiu várias vezes, o dia não foi único e encontrará também a sua força numa rede de eventos próximos. Primeiro, a exposição dos gráficos feitos aqui nas próximas semanas. Mas não só visitas para crianças e outras iniciativas deste tipo, mas também dinâmicas mais concretas.

E depois um convite do Presidente Monforte: “Um impulso a todas as associações como nós para que dêem uma mão e ajudem o maior número de pessoas possível. Acredito que todas as crianças têm direito ao aconchego familiar, porque até agora tudo lhes foi negado. Espero que em breve o senhor ponha a mão pôr fim a esta terrível guerra. »

Órfãos ucranianos são recebidos na Sicília

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *