Os 10 melhores países do mundo para se mudar após a aposentadoria

De Portugal ao Equador, o ranking dos 10 destinos ideais para curtir uma aposentadoria relaxante sem gastar muito

Briga entre elefantes

Para muitas pessoas, o de Pensão é o momento perfeito para desfrutar dos pequenos prazeres da vida com descontração e sem muitos problemas. Mais e mais pessoas (incluindo italianos) estão decidindo mudar radicalmente suas vidas após a aposentadoria, abrindo mão de tudo para ir para o exterior. Esta nem sempre é uma escolha fácil e requer um pouco de coragem; no entanto, os benefícios podem ser muitos: menor custo de vida, melhor clima, maiores isenções fiscais e locais de sonho.

Mas quais são os países onde é conveniente se mudar como aposentado? Para nos sugerir isso é a famosa revista de viagens de Nova York “Viagem e Lazer”, que compilou um ranking com os 10 estados perfeitos do mundo para começar uma segunda vida. Vamos descobrir quais e por quê.

Leia também: Qualidade de vida: estas são as melhores cidades italianas para crianças, jovens e idosos

O ranking dos 10 países ideais para viver como aposentado

Panamá

A abrir o top 10 está o Panamá, devido ao seu clima temperado e extraordinária hospitalidade. Aqui o custo de vida é muito acessível e o sistema de saúde funciona bem. O Panamá está se tornando um destino muito popular para quem tem mais de 60 anos porque oferece o chamado “visto de aposentado”, uma renda de aposentadoria que oferece benefícios e descontos relacionados a diversos serviços.

Portugal

Portugal tornou-se um dos destinos mais procurados pelos reformados, sobretudo italianos. As razões? Clima ameno, tributação acessível para aposentados estrangeiros e custo de vida muito acessível Lisboa e Porto são cerca de 50% mais baratos do que em Nova Iorque e viver no Porto custa um pouco menos do que em Lisboa”, explica a revista New York.

República Dominicana

Para quem gosta de ilhas tropicais, a República Dominicana é o lugar perfeito. Os aluguéis e o custo de vida são realmente baixos (o aluguel é cerca de 90% inferior ao de Nova York, enquanto o custo de vida é cerca de 55% inferior ao da cidade dos EUA) e o Estado oferece um visto de aposentadoria. A maioria dos aposentados estrangeiros vive nas cidades de Santo Domingo e Santiagomas também existem outras estâncias turísticas encantadoras como Punta Cana, Puerto Plata e Boca Chica.

Espanha

A Espanha também é muito popular entre os aposentados. Este país europeu se destaca pela excelente gastronomia, clima agradável e charmosas cidades litorâneas. Aqui, a maioria dos expatriados opta por cuidados de saúde privados sem seguro. O custo de vida na Espanha varia muito de cidade para cidade. “Por exemplo, na cidade litorânea de Alicante, o custo de vida é cerca de 48% menor do que em Nova York e o aluguel é cerca de 80% menor”, ​​explica a revista Travel and Leisure.

Costa Rica

Assim como o Panamá, a Costa Rica é um país da América Central que surpreende com suas belezas naturais. É um dos destinos ideais para aposentados, para vivenciar plenamente a “pura vida”. O custo de vida é muito acessível e é muito fácil para os aposentados se tornarem residentes.

Malta

Em sexto lugar no ranking encontramos Malta, que oferece um clima quente e belas praias. 15% da população é representada por pessoas da Europa continental, Austrália e Reino Unido. Além disso, os mantimentos têm preços razoáveis.

Equador

O Equador surpreende não apenas por sua natureza intocada, mas também por seu baixo custo de vida, que atrai muito os aposentados que amam o relaxamento, mas também a aventura.

Os serviços de saúde custam cerca de 25% menos do que nos Estados Unidos, a qualidade é alta e o atendimento a todos os cidadãos e visitantes é garantido. – “Viagem e Lazer” esclarece – Aposentados estrangeiros podem ingressar no sistema do governo por menos de US$ 100 por mês para cobertura total ou podem fornecer comprovante de seguro de saúde privado. Os vistos de residência permanente estão disponíveis depois de morar no Equador por pelo menos 21 meses com visto temporário.

México

Outro país que atrai aposentados de todo o mundo (especialmente americanos) é o México, que se destaca pelo baixo custo de vida, pelos pontos turísticos e pela localização geográfica estratégica. Os cuidados de saúde aqui estão disponíveis por meio de dois programas governamentais que cobrem residentes de baixa renda ou exigem o pagamento de um prêmio. Além disso, hospitais privados e especialistas oferecem tratamentos acessíveis.

Colômbia

Praias selvagens, florestas tropicais, montanhas – é muito mais a Colômbia que nos últimos anos atraiu um grande número de pessoas que desejam desfrutar de sua aposentadoria em paz. Este país latino-americano oferece um custo de vida bastante baixo e oferece
também várias concessões para quem vem do exterior (incluindo o chamado “visto de pensionista“).

Flórida

A Flórida, inquestionavelmente o estado favorito dos aposentados americanos, fecha o ranking. As razões são muitas: clima ameno, belas praias, mas também várias reduções de impostos para os idosos. Resumindo… Um verdadeiro paraíso para aposentados.

Siga-nos no Telegrama | Instagram | Facebook | TIC Tac | YouTube

Fonte: Viagens e Lazer

Leia também:

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.