Paris, operação “Copregi”: 25 pontos de venda irregulares descobertos em toda a Itália. Apreensão de 90 máquinas de diversão e 17 totens, 45 reclamações e mais de 200 multas por 8 milhões de euros

Durante os dias 16 a 20 de novembro, a Comissão de Prevenção e Repressão ao Jogo Ilegal, Segurança do Jogo e Proteção de Menores (Co.PRe.GI) – órgão presidido pela ADM e que conta com a participação da Polícia do State, Carabinieri e Guardia di Finanza – promoveram uma importante operação de controle no setor de jogos de azar, com especial atenção às apostas, que envolveu um número significativo de estabelecimentos comerciais localizados em 25 províncias do território italiano.

Províncias localizadas em todas as regiões foram envolvidas, exceto Valle d’Aosta e Molise.

Foram auditadas 454 empresas e os resultados positivos atestam o caráter fundamental da ação sinérgica que se desenvolve no seio da Co.PRe.GI para o combate às contraordenações penais e administrativas.

Eles eram:

  • 45 sujeitos denunciados aos promotores territorialmente competentes por atividades abusivas de jogo em violação da lei de 13 de dezembro de 1989, n. 401;

  • Foram identificados 25 estabelecimentos comerciais que, sem qualquer autorização emitida pela ADM e na ausência de alvará de segurança pública, realizavam a recolha de caça também por conta de operadores estrangeiros;

  • sujeito a apreensão:

  1. 90 máquinas de diversão,

  2. 17 pólos,

  3. 64 computadores pessoais.

Os departamentos territoriais da ADM preparam-se para aplicar mais de 200 multas num total de 8 milhões de euros. Apenas nas províncias de Trapani, Reggio Calabria e Messina foram levantadas as multas por valores superiores a um milhão e meio de euros.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.