Portugal acolhe a Conferência das Nações Unidas sobre o Oceano

Portugal vai acolher em Lisboa, de 27 de junho a 1 de julho de 2022, a Conferência dos Oceanos das Nações Unidas com o objetivo de “Salvar o nosso oceano, proteger o nosso futuro”. A conferência, que assenta numa co-organização entre a ONU e os governos de Portugal e do Quénia, bem como os eventos especiais associados, exigem a participação dos Estados, da sociedade civil e dos parceiros do sector empresarial e do voluntariado, instando-os a assumir um papel ativo na consecução dos objetivos do ODS 14 – Salvar a Vida Marinha – e comprometer-se com a sustentabilidade dos recursos marinhos.

Portugal é maioritariamente húmido junto ao oceano, e é o terceiro país com a maior ZEE (Zona Económica Exclusiva) da União Europeia. A história e a cultura do país são marcadas por uma profunda relação com o mar, que também determinou o caráter aberto, prestativo e inovador de seus habitantes. Os oceanos também têm sido motivo para estabelecer relações comerciais e econômicas e definir relações estratégicas com outras nações.
A costa portuguesa é vasta: com mais de 2500 km entre o continente e as ilhas, é pontilhada por variadas condições naturais e um clima excepcional. E é graças a estas riquezas que Portugal é um dos países mais destinos perfeitos para esportes aquáticos, especialmente surfpara o qual é referência mundial e pode ser praticado durante todo o ano.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *