Portugal, o governo Costa composto por metade de mulheres – Política

LISBOA – O novo governo do primeiro-ministro português António Costa respeita rigorosamente a igualdade de género. Dos dezessete ministros recém-nomeados, nove são mulheres. Se considerarmos também o primeiro-ministro, exatamente metade do executivo é representado por mulheres. Entre eles, Helena Carreiras, a primeira mulher a chefiar o Ministério da Defesa e Mariana Vieira da Silva, nomeada ministra da Presidência, ou na verdade a nova adjunta de Costa.

Como notam os principais jornais portugueses, este terceiro governo Costa é um dos poucos na história da democracia portuguesa, com um número de ministros e secretários de Estado reduzidos em 20% em relação ao governo cessante. Dos ministros em exercício até agora, apenas seis permanecem.

Entre as novidades, o ex-prefeito de Lisboa, Fernando Medina, nomeado novo ministro das Finanças. À frente do Ministério da Economia e do Mar está António Costa Silva que, face à crise provocada pela pandemia, tem defendido uma maior presença do Estado na economia. Costa apresentou os nomes ao presidente Marcelo Rebelo de Sousa dois meses após as eleições, devido a atrasos devido a irregularidades na contagem dos votos dos portugueses que emigraram para outros países europeus.

Beowulf Presleye

"Extremo fanático por mídia social. Desbravador incurável do twitter. Ninja do café. Defensor do bacon do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *