Portugal: votação antecipada para as eleições legislativas

Lugares abertos em Portugal neste domingo para um dia de votação antecipada, organizado devido à crise sanitária exatamente uma semana antes das eleições legislativas, marcadas para domingo, 30 de janeiro. A decisão foi tomar um participação segura nas eleições, evitar aglomerações.

Entre os primeiros a ir às urnas, o primeiro-ministro cessante, o socialista Antonio Costaque votaram de manhã numa assembleia de voto no Porto.

“A votação – disse Costa – é o momento mais importante da democracia. É aquele momento único em que só os cidadãos decidem o resultado das eleições, o que querem para o seu futuro e escolhem os seus representantes. A participação nas eleições é omais importante acto de vitalidade democrática e quero apelar a todos os portugueses para que exerçam os seus direitos cívicos, hoje se se registaram para voto antecipado, ou daqui a uma semana. »

Minutos antes do primeiro-ministro, o autarca do Porto foi às urnas Rui Morera. No total, mais de 315.000 pessoas se inscreveram para votação antecipada e mais de mil assembleias de voto foram abertas em todo o país.

Estima-se que mais de 600 mil as pessoas estão em quarenta: no próximo domingo, ainda poderão votar no horário entre os dias 18 e 19, sujeito ao cumprimento de certas regras de segurança, como o uso de máscara de proteção FFP2, higienização das mãos e distanciamento social.

Saber mais:

Beowulf Presleye

"Extremo fanático por mídia social. Desbravador incurável do twitter. Ninja do café. Defensor do bacon do mal."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.