San Paolo, laboratório literário sobre poesia italiana – Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional

San Paolo, oficina literária sobre poesia italiana

O Instituto Cultural Italiano de San Paolo oferece “Uma antologia de poesia contemporânea”, uma oficina literária liderada por Valentina Cantori. Os encontros, que começam em 3 de agosto e terminam em 5 de outubro, visam divulgar a obra de poetas que marcaram a literatura italiana desde a segunda metade do século XX até os dias atuais.

Começaremos com nomes conhecidos, cujos textos já foram lidos e traduzidos no Brasil (por exemplo, Pasolini), mas também trataremos de obras inéditas, poetas ainda não traduzidos para o português. Neste caso, além da leitura, o laboratório oferecerá um momento dedicado à tradução, durante o qual os participantes poderão entrar em contato direto com os poemas, descobrir como funcionam os mecanismos da linguagem poética e ao mesmo tempo investigar os meios transmiti-los em outro idioma.

O programa inclui, portanto, uma introdução à segunda metade do século XX em 3 de agosto: Penna, Bertolucci e Luzi; em 10 de agosto as obras de Sereni, Caproni e Fortini. No dia 17 de agosto falaremos sobre Poesia e Realidade: Pasolini, Zanzotto, Giudici e Raboni e no dia 24 de agosto falaremos sobre Vozes Solitárias: Amelia Rosselli e Alda Merini. Agosto termina no dia 31 com um workshop sobre Sanguineti, Pagliarani e Gruppo 63. No dia 14 de setembro será a vez de La Sicilia di Sapienza e Insana, que será seguido em 21 de setembro pelo teatro em verso de Gualtieri e Valduga. No dia 28 para vozes contemporâneas falaremos sobre a Itália de Cavalli, Anedda, Magrelli e Caandrone para terminar no dia 5 de outubro com a apresentação do livro de Maria Grazia Calandrone e um encontro com a autora.

Leigh Everille

"Analista. Criador hardcore. Estudioso de café. Praticante de viagens. Especialista em TV incurável. Aspirante a fanático por música."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.