Sovico, Silvia Panceri no Prêmio Dalla no Festival de Sanremo

Em Sanremo ainda há um pouco de Brianza. Silvia Panceri, 27 anos de Sovico, convidada a apresentar seu primeiro single “Ora e per sempre”, uma de suas letras musicadas por Dino Angelini de Brianza.

Silvia Panceri, nascida em 9 de março de 1994, é atualmente professora de francês no colégio Parini, com dupla titulação pela Universidade de Milão, em línguas e literatura estrangeiras e em línguas europeias e extra-europeias, e graduada pela Escola linguística Parini em Seregno: mas ela tem a paixão por cantar em seu DNA, tanto que foi notada e convidada para o prêmio Dalla.

“Comecei a cantar por diversão aos 3 anos de idade – ela explicou – quando fui a uma manifestação com meus pais e eles estavam procurando uma menina que quisesse tocar. Mamãe e papai me empurraram para subir no palco e tudo começou a partir daí. Eu interpretei a música de Nek “Laura n’est pas là” que ouvi várias vezes em casa. Crescendo, tive aulas de canto e participei de várias competições. Deixei este mundo quando me matriculei na universidade”.

Anos passados ​​principalmente no exterior nos quais ela passou em quase todos os exames. Em Espanha teve a sua primeira experiência como professor ensinando a língua italiana e portanto também em França, mas sobretudo em Portugal em Lisboa e no Porto, nas escolas do Estado francês. E em Portugal, defendeu uma tese sobre “O bilinguismo das crianças francófonas que falam português”, jovens que estudam todas as disciplinas em francês excepto a língua que deve ser o português. Ensinar no exterior também lhe permitiu introduzir a língua italiana.

Além da música, Silvia Panceri sempre teve grande interesse pelo teatro e pelo mundo teatral em geral, conseguindo cobrir papéis de destaque em diversas peças e eventos locais.

“Desde este ano na Itália, retomei com entusiasmo o caminho que havia interrompido anos atrás – mas nunca desisti, diz ele – com o objetivo de poder comunicar diferentes mensagens através de músicas, na esperança de poder emocionar aqueles que me ouvem”.

Com o selo “Canto Libero” e produzido por Dino Angelini em dezembro passado, foi lançado seu primeiro single intitulado “Ora e per sempre”, também gravado em francês e inglês. Todas as três músicas estão disponíveis em CD e em todas as plataformas online.

Atualmente faz parte do formato televisivo “No tempo da Juke Box” e do programa “Il stage è tua” dirigido por Gatto Panceri, do qual tem apenas o mesmo nome, transmitido nas principais redes locais da Lombardia. Em 4 de fevereiro, ele será o convidado do Prêmio Lucio Dalla em Sanremo.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.