Youth League, Salzburg Benfica 0-6: Português quebra a maldição de Guttmann

SALZBURGO-BENFICA 0-6

2′ Neto, 15′, 58′ e 89′ H. Araújo, 53′ N’Dour, 69′ Semedo

SALZBURGO (4-4-2): Stejskal; Atiabou (39′ Pejazic), Baidoo, Wallner (77′ Moswitzer), Ibertsberger; Agyekum, Kameri (77′ Jano), Sahin, Hofer (46′ Reischl); Diakite (86′ Berki), Simic. Treinador: Aufhauser

BENFICA (4-3-3): Gomes; Tomé (66′ Ferreira), T. Araújo, Silva, Rodrigues; N’Dour, Jevsenak (80′ N. Félix), Neto (80′ H. Félix); Santos (80′ Marques), H. Araújo, Moreira (59′ Semedo). Treinador: Castro

Árbitro: Harm Osmers (Alemanha)

Amonites: Atiabou, Moswitzer (S); Moreira, Silva (B)

Após 60 anos e onze finais perdidas (oito com o time titular e três com a Primavera), o Benfica voltar a vencer na Europa. Os Águias venceram o liga juvenilbatendo o Salzburgo com um filé 6-0. Um sucesso que permite ao Benfica quebrar o jogo Maldição de Bela Guttmann, lançado pelo ex-técnico português em meados da década de 1960: “Daqui a cem anos, nenhuma equipa portuguesa será duas vezes campeã europeia – disse – E sem mim, o Benfica nunca ganhará uma Taça”. Desde aquele dia, o clube perdeu onze finaisincluindo cinco na Liga dos Campeões, onde não vence desde 1962. Os jovens de Luis Castro pensaram que estavam quebrando o tabu, que se vingou da final perdida da Liga da Juventude contra o Salzburg em 2017.

O relatório da partida

leia também

Liga dos Campeões, o programa das meias-finais

Foi uma final unilateral em Nyon, dominado pelo Benfica que eliminou a Juventus nos penalties nas meias-finais. Demorou dois minutos para os portugueses abrirem o placar com Martinho Neto. O protagonista absoluto, no entanto, foi Henrique Araújo: o avançado nascido em 2002, que já disputou cinco jogos na equipa principal, fez um hat-trick. No sucesso do Benfica há também uma pitada de Itália graças ao Querido N’Dour. Médio nascido em 2004, nascido em Brescia de pai senegalês e mãe italiana, marcou o golo momentâneo de 5-0. N’Dour, já na vez das equipas juvenis italianastem passado na Atalanta, antes de ingressar no Benfica no verão de 2020.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.