“Empatia fundamental, à medida que envelheço sou mais humano”

Roma, Mourinho: “A empatia com os jogadores é fundamental, quanto mais velho fico, mais humano me torno”

Tiago Pinto e José Mourinho – Foto LiveMedia / DPPI / Federico Proietti

Dia de ensino para José Mourinho. O treinador da Roma deu efectivamente uma aula de duas horas em Portugal intitulada “Construir uma verdadeira organização colectiva para um Europeu”, na qual participaram jornalistas da Tribuna Expresso. As declarações sobre a relação com seus jogadores são muito interessantes: “Todo mundo está procurando a receita perfeita, mas a empatia com os jogadores é essencial – explica o treinador Giallorossi – Se não há empatia, não há felicidade, principalmente quando você não tem jogadores muito fortes. É inútil ter inovações táticas. Quando você tem um orçamento limitado, você tem que se adaptar ao que tem e, portanto, nem sempre pode manter o mesmo padrão. “

A referência a Roma é bastante clara, com a gestão de Giallorossi realmente trabalhando para acomodar algumas das demandas de Mourinho. Tomados Matic, outros dois perfis que interessam às partes de Trigoria são Celik e Solbakken. Para o primeiro ainda há uma grande lacuna entre oferta e demanda com o Lille, enquanto para o segundo as avaliações continuam com o Bodo Glimt.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *