Nazaré, Portugal: onde ver as ondas mais altas do mundo – Ideias de viagem

Nazaré, Meca para surfistas extremos onde as ondas do mar tocam o céu.

Nazaré, Portugal: Como ver as ondas mais altas do mundo

O que éa onda mais alta que você já viu em sua vida? Para Nazarécidade de Portugal com vista para o Costa atlânticaondas do mar podem atingir 30 metros, a altura de um prédio de 10 andares. O dito “ondas grandes“Atraia surfistas intrépidos de todo o mundo, prontos para desafiar o oceano. Como resultado, a antiga vila de pescadores se tornou um paraíso de surf extremo.

Situada numa ampla baía entre dois promontórios elevados, a Nazaré tem uma enorme praia de areia onde se chocam as ondas gigantes do Oceano Atlântico.

Como se formam as grandes ondas?

O espectáculo ocorre neste preciso ponto de Portugal porque Praia do Norte na Nazaré é o ponto final do Canyon da Nazaré, o maior cânion submerso da Europa, com cerca de 230 quilômetros e três mil metros de profundidade. Aqui, a profundidade do oceano é subitamente reduzida, fazendo com que o movimento das ondas se comprima e se projete para cima.

O outro aspecto que ajuda a gerar essas ondas gigantes é a corrente de água que é transportada ao longo da costa no sentido norte-sul. Essa corrente de água vai na direção das ondas que já chegaram, ajudando assim a aumentar ainda mais a altura das ondas que chegam à costa.

Recorde de ondas na Nazaré

Esse fenômeno foi relatado pelo surfista havaiano Garrett McNamara que, em 2011, surfou a maior onda já vista no mundo em um fundo arenoso, com cerca de 30 metros de altura, no balneário da Praia do Norte, vencendo o Billabong XXL Global BigWave Awards e quebrando um recorde mundial.

Mas mais recentemente o feito de McNamara foi superado por um surfista português dos Açores, Hugo Vau, que em 2018 montou “a Big Mama”, um gigante aquático com cerca de 35 metros de altura. É suposto ser a onda mais alta já domada no mundo. Todos os anos, portanto, surfistas de todo o mundo vêm à Nazaré para bater novos recordes.

Quando grandes ondas estão se formando

Ondas gigantes, no entanto, não acontecem todos os dias. Na verdade, eles só podem ser criados sob certas condições. A melhor altura para os ver na Nazaré é entre Outubro E Marchar.

Durante este período o Desafio de surf de ondas grandesuma competição WSL – Big Wave Tour que reúne os melhores surfistas de todo o mundo.

Dura apenas um dia e não tem data fixa, depende das previsões do estado do mar. Os surfistas inscritos para esta competição, por isso, sem saber quando as ondas vão surgir, aguardam perpetuamente a chamada dos organizadores. A partir do momento em que são chamados, eles têm apenas 72 horas para comparecer à corrida, onde quer que estejam.

Surfar na Nazaré

Você deve saber que os surfistas geralmente surfam em ondas de poucos metros deslizando dentro dos canos de água. Os surfistas radicais que pegam ondas grandes, por outro lado, literalmente fogem das ondas. Geralmente eles se deixam arrastar com jet skis até a crista da onda, depois se soltam e a partir daí seu único objetivo é escapar da enorme montanha de água atrás deles. A prancha de ondas grandes é, portanto, muito mais estreita que as pranchas normais e permite que você vá mais rápido. As ondas gigantes da Nazaré são espetaculares mas perigosas, até mortais. Os surfistas de ondas grandes são loucos ou heróis, mas certamente corajosos.

Onde ver o espetáculo

Quem quiser apenas admirar o espetáculo pode sentar-se de praia ou chegar ao Fortaleza do século XVI de São Miguel Arcanjo, no promontório sobranceiro à Nazaré. É aqui que os visitantes costumam ir para admirar o espetáculo da natureza, que se manifesta em toda a sua energia e violência. Também no topo da fortaleza está a Muralha da Fama do Surfista, o local que preserva os surfistas que domaram as ondas e onde você aprenderá como as grandes ondas são formadas na Nazaré.

O que ver na Nazaré

este pequena cidade em portugallocalizado a 125 quilômetros ao norte de Lisboa e 250 ao sul de Portanão tem nada a ver com lugares badalados como o Havaí ou a costa californiana, onde você encontra o jet set de surfistas.

É uma antiga vila onde os pescadores ainda usavam trajes tradicionais até alguns anos atrás. Durante os meses de verão, aos sábados, ao final do dia no calçadão, há o espetáculo da “l’Arte Xávega”, quando as redes carregadas de peixes são retiradas da água e os gritos dos vendedores ecoam .

Então explore a vila andando tranquilamente pelos becos paralelo à praia e pare num dos restaurantes para saborear marisco fresco, peixe grelhado ou uma saborosa Caldeirada. À medida que o sol se põe, aprecie a vista para o mar enquanto as luzes da noite se acendem.

Na Nazaré um dos locais a não perder é o impressionante promontório, 318 metros de rocha com vista para o marde onde se pode desfrutar de uma das melhores vistas da costa portuguesa.

No topo do promontório, acessível a pé ou de elevador, encontra-se o Bairro Sítio e Ermida da Memória: uma pequena capela em que recordamos o milagre que a Virgem teria feito ao impedir que o cavalo de um fidalgo, D. Fuas Roupinho, saltasse do precipício.

No Miradouro do Subercosegundo os locais, pode ver-se a marca deixada na rocha pela ferradura naquela manhã de nevoeiro de 1182. No Sítio pode ainda visitar o santuário de Nossa Senhora da Nazaré e, não muito longe dali, o Museu Dr. Joaquim Manso para saiba mais sobre as tradições populares da Nazaré.

Se tiver tempo para caminhar, a partir do Sítio, pelo Parque da Pedralva, pode chegar à Pederneira, um miradouro natural com uma esplêndida vista sobre a costa da Nazaré.

mapa e mapa

Henley Maxwells

"Solucionador de problemas. Criador certificado. Guru da música. Beeraholic apaixonado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *