Paulo Sousa “Bolonha é saudável, Salernitana ainda não tem certeza”

“O presidente Iervolino é a maior referência para nós”, diz o técnico do Granada SALERNO (ITALPRESS) – De Milão a Bolonha, pouco tempo para se recuperar com Salernitana tentando colocar feno na fazenda antes do intervalo. “Esta semana tivemos que trabalhar com uma intensidade muito baixa porque a equipa precisava de recuperar – começa o treinador granadino Paulo Sousa em conferência de imprensa na véspera do jogo com o Arechi – decidimos baixar as cargas para conseguir novos jogadores. Como jogo Eu diria que todos devemos esperar um time que deve saber ser intenso na defesa, melhorar no bloqueio defensivo baixo e ser mais proativo. -2-3-1 e tendo quase uma única linha de pressão no meio-campo que tira espaço dos adversários em construção. Temos que tentar baixá-los e criar chances perto do último terço. O Bologna não é comparável ao Milan, vamos temos que tomar as decisões certas mantendo nossas ideias talvez com diferentes protagonistas”. Há também as seleções, com a dúvida de que alguns jogadores possam perder a concentração. Serão 13 craques romãs que cuidarão das seleções de seu país. “Montamos o trabalho tentando focar no Bolonha e não nos muitos titulares das seleções. – continua Sousa – Eu também já estive do outro lado, sei bem a importância da seleção, ele sempre pode ficar preocupado , a mudança de carga e as viagens, principalmente na volta, são muito longas, há mudanças na alimentação e hidratação, principalmente dos sul-africanos, não podemos deixar de controlar e então vamos focar no que podemos controlar. Espero cada vez mais dos meus jogadores”. A equipe também recebeu a visita do patrono Iervolino. “Hoje no futebol é muito difícil encontrar presidentes como Iervolino, principalmente no início de qualquer projeto – diz o treinador português – Ter alguém que ponha dinheiro do bolso é difícil. Ver pessoas como ele são importantes pedi-lhe que fosse mais presente ele é a maior referência para todos nós ele tem que aparecer sabemos que ele tem muito mais o que fazer e arruma um tempo na agenda dele para estar conosco, ficamos todos felizes em revê-lo quando ele me ligou perguntou para nos salvar e o objetivo não mudou: ainda não estamos seguros.” – Foto LivePhotoSport – (ITALPRESS). aro/mc/red 17-mar-23 13:54

Henley Maxwells

"Solucionador de problemas. Criador certificado. Guru da música. Beeraholic apaixonado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *