Duas medalhas de ouro e uma de bronze para handbikes europeus para Active Team La Leonessa

Bréscia. Depois de colher sucessos nacionais e ganhar algumas medalhas de ouro mundiais com Simona Canipari, o Active Team La Leonessa só estava faltando um título europeu. O vazio foi preenchido na Áustria, durante os campeonatos continentais de parapente em Peuerbach/Steegen, onde os atletas da associação de Brescia restabeleceram a confiança dos técnicos da seleção nacional, que decidiram apostar também neles.

A habitual Simona Canipari (foto acima), a atleta de Villanuova sul Clisi, subiu no primeiro degrau do pódio que desde que descobriu a handbike teve uma série de sucessos. La Brescienne assinou uma nova dobradinha na categoria WH1, tal como já em 2021 no Campeonato do Mundo de Portugal em Cascais: primeiro venceu o contrarrelógio e depois fez uma recordação na prova de estrada, confirmando-se como a mais forte de todas e contribuindo para O quarto lugar da Itália no quadro de medalhas. “O percurso – diz – era bastante proibitivo para o meu handicap, com declives muito acentuados. Foi um trabalho árduo, mas ouvir o hino italiano tocar para mim valeu a pena todo o meu trabalho duro”.

Mirko Testa Handbike Active Team La Leonessa

No pódio também estava um esplêndido Mirko Testa (foto acima), o Bergamo de 25 anos ele ganhou um terceiro lugar na corrida MH3 online, fazendo sua estréia na equipe nacional. Já no contrarrelógio (fechado em 5º lugar), o atleta de Grassobbio havia mostrado que estava em boas condições, e na prova de estrada se saiu ainda melhor, ajudando seu companheiro de equipe Martino Pini (vencedor) a escapar para depois dar uma medalha de bronze que vale ouro, enquanto abre perspectivas interessantes para o futuro. “Uma grande satisfação no final de um período difícil – disse -, mas não estou satisfeito. A liderança já está nas próximas corridas”.

Christian Giagnoni, o terceiro atleta do Active Sport, também obteve excelentes tendo recebido a chamada para os europeus, categoria MH4. Apoiado por um grande grupo de fãs, o toscano terminou em 6º no contra-relógio e 11º na prova de estrada. “Estou realmente muito orgulhoso dos nossos três meninos – palavras do capitão Sergio Balduchelli -, que honraram muito a camisa azul. Eles mereceram essa oportunidade e essa satisfação, por todo o esforço que colocam todos os dias”.
Ainda nas handbikes, outro grupo de oito atletas do Active Sport participou também na etapa de Dueville (Vicenza) do Campeonato Italiano de Clubes, novamente com contra-relógio e prova de estrada. Destaque, na categoria MH1, a vitória de Giuseppe Uberti (teste de estrada) e os dois pódios de Giannino Piazza (2º no contrarrelógio, 3º na fila). No MH2, segundo lugar na fila para Omar Rizzato, sétimo para Oscar Signorini. Ainda em handbike, no MH4 um sexto e oitavo lugar para Mattia Guerini.
Pódios duplos também para Fabrizio Topaigh (dois segundos lugares no MC2) e para Mirko Pini (dois segundos no MC3), enquanto Luca Piger ficou em quinto lugar no contra-relógio MC4. Colocações que atestam as excelentes condições de forma da equipa, extremamente preciosas num período da época muito rico em competições.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.