Endrizzi (M5S): “O confronto com o setor começou no Esport. A ADM solicitou uma circular de esclarecimento “

“Após o chocante encerramento de três salas de LAN que causou alvoroço no mundo dos Jogos e E-sports, agimos imediatamente para uma solução, reunindo-nos com a Agência de Alfândegas e Monopólios e depois algumas realidades do setor, a começar pelo “IIDEA” , National Interactive Digital Entertainment Association”, explica o senador do M5S Giovanni Endrizzi.

“A partir de Diretor Minenna tivemos inúmeras garantias de que não é intenção nem interesse de ninguém bloquear ou, pior ainda, cancelar um setor que, em outros países, é identificado como motor de crescimento e desenvolvimento.

Já podemos garantir que eventos como Lucca Comix e feiras não estejam em risco. Estamos colaborando com a ADM e com as associações profissionais de salas de LAN para esclarecer o marco regulatório que atualmente possui diferentes leituras.

Pedimos à ADM que explicasse suas premissas em uma circular: quais são os perímetros regulatórios a que se refere, as formas e medidas a serem tomadas para evitar litígios. Esta será a base de uma comparação que queremos alcançar um resultado positivo.

Também é possível que atualmente a legislação seja insuficiente e precise ser integrada, tanto em termos de atividades de lazer e entretenimento oferecidas, quanto em termos de esportes eletrônicos que exigem legislação de referência específica.

Vamos acompanhar e colaborar para que este setor possa ter um desenvolvimento saudável com todo o potencial que pode expressar”.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.