Tênis: Wta. Paolini perde 20 lugares, Stefanini ganha 39

Giorgi volta ao top 60, sem alteração no top 10 ROMA (ITALPRESS) – Em termos italianos, há várias mudanças no ranking mundial de tênis feminino publicado pela WTA, começando com os dois novos top rankings de Lucrezia Stefanini e Nuria Brancaccio. Antes do azul, é sempre Martina Trevisan, que está confirmada no número 27 (três pontos de seu recorde, número 24, alcançado em 18 de julho). A canhota toscana de 28 anos – eliminada na primeira rodada em Portoroz, ainda não em perfeitas condições após a distensão muscular na coxa esquerda ter sido corrigida no mês passado na quadra dura americana – em 2022 ela ganhou seu primeiro troféu WTA no saibro em Rabat e chegou às semifinais de Roland Garros, o melhor resultado da carreira em um Grand Slam. Atrás dela vem Camila Giorgi, que ganha dois lugares e sobe para o número 59, ultrapassando Lucia Bronzetti e Jasmine Paolini: o jogador de 23 anos do Villa Verucchio cai para o número 63 com seis lugares a menos, enquanto o jogador de 26 anos anos de Castelnuovo di Garfagnana, por falta de confirmação do título conquistado em Portoroz em 2021 (foi eliminada por Siniakova nas quartas de final), perdeu 20 posições de uma só vez e agora é a número 75. Três passos atrás também para Elisabetta Cocciaretto, número 96, enquanto Sara Errani dá cinco passos para a frente, agora número 110. A vitória de Caldas da Rainha na ITF portuguesa de $60.000 faz com que Lucrezia Stefanini suba 37 posições para Lucrezia Stefanini, que entra pela primeira vez no top 150 e tem lugar na vaga 149. Ela recupera três posições Camilla Rosatello (número 275), Giulia Gatto-Monticone (número 292) perde oito, enquanto Nuria Brancaccio ganha três que retocou o “melhor ranking” (número 297). Inalterado o top 10 do ranking da WTA liderado pela polonesa Iga Swiatek que, graças ao terceiro Slam da carreira conquistado em Nova York, tem mais que o dobro de pontos em relação ao seu rival direto, o tunisiano Ons Jabeur. No terceiro degrau do pódio mundial está a estoniana Anett Kontaveit, a nova top ten do ranking WTA: 1. Iga Swiatek (Pol) 10365 (-) 2. Ons Jabeur (Tun) 5090 (-) 3. Anett Kontaveit ( Leste) 4300 (-) 4. Paula Badosa (Esp) 3980 (-) 5. Jessica Pegula (EUA) 3501 (-) 6. Maria Sakkari (Gre) 3480 (-) 7. Aryna Sabalenka (Blr) 3470 ( -) 8 Coco Gauff (EUA) 3047 (-) 9. Simona Halep (Rou) 3025 (-) 10. Caroline Garcia (Fra) 2930 (-) Assim os italianos: 27. Martina Trevisan 1531 (-) 59. Camila Giorgi 954 ( +2) 63. Lucia Bronzetti 906 (-6) 75. Jasmine Paolini 755 (-20) 96. Elisabetta Cocciaretto 670 (-3) 110. Sara Errani 591 (+5) 149. Lucrezia Stefanini 422 (+37) 275. Camilla Rosatello 229 (+3) 292. Giulia Gatto-Monticone 217 (-8) 297. Nuria Brancaccio 210 (+3) – foto LivePhotoSport – (ITALPRESS). buddy/com 19-Set-22 13:06

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.