Espanha e Portugal, descobrindo dois mundos na mesma península

Um país beijado pelo sol, o outro acariciado pelas brisas do oceano, terras sem limites entre o Atlântico e o Mediterrâneo, tão diferentes mas ao mesmo tempo sedutoras e belas. o Espanhacasa de “vida noturna“, ele se entusiasma com a ideia. Sua capital Madri é animado e moderno, como um Almodôvar, uma realidade em cores vivas e uma vida por vezes superanimada capaz de antecipar os tempos, uma revelação contra os estereótipos ibéricos que se arrastariam à sombra de uma Europa acelerada. Mas Espanha é também a história que cativa, os hábitos e costumes das cidades onde ainda se respira o passado, como as joias com traços mouriscos do sul.

o Portugal é antes uma terra que intriga, descendência definitiva do continente, mas tão próximo dos costumes mediterrâneos. Uma realidade acolhedora, uma descoberta acompanhada pela emoção dos seus vinhos, intensos e fortificados. Um país com alma popular e comercial, onde prédios descascados se alternam com maravilhas mascaradas por azulejosessa pitada de decadência que imediatamente se torna uma atmosfera, depois a natureza do interior das montanhas e das costas douradas, distantes na imaginação, uma ponte entre a Europa e as Américas.

Aqui estão duas sugestões Viaggidea Europa conhecer essas nações encantadoras, as duas faces da península.

Madrid e Andaluzia, o brio da capital e o sonho mourisco

Um itinerário de 8 dias que começa na brilhante capital espanhola e segue para o sul até o coração da Andaluzia, uma terra mágica com a atmosfera de mil e uma noites. Madri é uma cidade eletrizante, vibrante e descontraída, onde nenhuma arquitetura impressionante se destaca, a capital que se revela por sua atmosfera, uma mistura de adrenalina e alegria de viver que engloba toda a identidade espanhola. A cidade é principalmente moderna: edifícios contemporâneos arrojados emolduram camafeus em estilo barroco de Madri e marcos icônicos da cidade, como o Palácio Reala Gran Viaa Portão de SoloE Plaza Mayor, o ponto focal mais importante de Madrid. Uma capital cultural com grande tradição artística e museus muito famosos como o Pradoa Centro de Arte Rainha Sofia e a Museu Thyssen. O passado parece esquecido nesta selva metropolitana com seu horizonte contemporâneo, mas ainda vive na arte, basta parar em frente ao Guernica viver um capítulo crucial da Espanha e as ansiedades que parecem emergir da tela. Madrid é uma grande descoberta, entre galerias de arte e espaços verdes, o Parque do Retiro é pontilhada de monumentos e estruturas encantadoras, como o Palácio de Cristal que parece um conto de fadas entre a densa vegetação deste oásis urbano.

A viagem para descobrir a Espanha continua para o sul e para em Toledo, a antiga capital e Patrimônio da Humanidade. Cercado por imponentes muralhas medievais, revela uma joia onde as culturas católica, árabe e judaica se misturam e revela um passado romano e visigodo. Uma visita emocionante nas pegadas de El Grecouma das figuras mais importantes do Renascimento espanhol, com pausas muito doces baseadas em doces típicos de maçapão de Toledo.

A bússola aponta mais para o sul para revelar a alma apaixonada do país, aAndaluziaa pátria de flamenco. Uma terra de atmosfera árabe entre mesquitas transformadas em catedrais e pátios andaluzes como os Jardins do Éden, refrescados por jogos aquáticos, perfumados com frutas cítricas e decorados com arabescos que se misturam com as flores que cobrem esses espaços calmos. “Quem não viu Granada não viu nada”, assim diz um famoso ditado espanhol que antecipa a primeira etapa da região. Granada é conhecido pelo sugestivo AlhambraUm Patrimônio Mundial da Unesco, um símbolo do domínio muçulmano nascido como uma cidadela militar e transformado em uma residência real repleta de belos jardins e fontes.

Estamos partindo para Baezapequena cidade imersa no campo, vida bucólica e degustações de azeite, antes de chegar Córdobaonde você pode admirar a incrível arquitetura do Mesquitauma antiga mesquita transformada em catedral, uma fusão de estilos em perfeita harmonia.

O passeio andaluz continua começa a sentir o cheiro do mar, ou melhor, do oceano: desembarco no Xereza capital de Xerez”, Também conhecido pela produção de vinho, visite Cádis, a encantadora cidade com vista para o Atlântico de onde partiram as caravelas de Cristóvão Colombo. Um olhar sobre o horizonte infinito que sonha com as Américas e depois pousa no elegante Sevilha, a jóia da Andaluzia, com a sua pitoresca praça Praça da Espanha, o adorável Reales Alcazarese a “Girada”, a atual catedral, antiga mesquita, símbolo de uma cidade que segue a identidade andaluza, um “ponte para a Europa“.

As joias de Portugal, terra e mar ao ritmo do fado

Uma excursão de 8 dias às fronteiras ocidentais da Europa, o Portugal é uma revelação. Cidades animadas e aldeias adormecidas, costas atlânticas e sertão montanhoso, moldado por vinhas e luxuriante com sobreiros. E depois a história e a cultura de uma nação que ampliou seus horizontes para as Américas. Partida da bela capital, Lisboauma cidade fluvial semelhante a uma realidade marítima, umaao longo do rio Tejo a poucos quilómetros da foz do Atlântico. O ar salobro respira-se em todos os bairros, começando com Bairro Altoo campo dos artistas e fadoa versão local da música Os Azuischegar com os bondes característicos “elevadores“Da Bica” E “Da Glória”. O bairro popular deAlfamae a Baixa, o coração da cidade que domina as margens do rio e chega aoAvenida da Libertação. o Chiadoera o domínio preferido do poeta português Pessoaum bairro que ainda guarda os vestígios do terrível terramoto de 1755. Não perca o famoso Torre de Belém E Castelo de São Jorgetalvez chegando com bonde número 28 (direção Santa Lúcia), uma pontual e eficiente velho comboio amarelo que chacoalha pelas ruas estreitas doAlfama.

A longa turnê continua no romântico Sintra com uma parada em Palácio Real do século XVI, residência de veraneio dos reis portugueses, antes de chegar ao paraíso dos surfistas, o Costa do Estorilonde fica um dos lugares mais importantes desta nação na fronteira da Europa, Cap de Roca, o ponto mais ocidental do velho continente. A uma curta distância fica a pitoresca cidade de Cascais com a sua marina, uma dimensão de paz e tranquilidade. Direção para Óbidosa joia medieval conhecida por “Ginjinha”, O licor de cereja amarga. Depois de uma viagem pelos sentidos, um mergulho na história Alcobaça, onde se encontra a maior igreja gótica de Portugal, uma magnífica abadia cisterciense de 1153, declarada Património da Humanidade. A visita continua com uma peregrinação entre as maravilhas arquitetônicas da UNESCO: parada em Mosteiro de Santa Maria de Vitória no Batalhaentão vá para Fátimacasa famosa santuário mariano entre os maiores do mundo. Alteração de registro a Nazaréa bela estância balnear dedicada ao desporto, muito procurada pelos surfistas.

A digressão de Portugal continua para Coimbra, uma movimentada cidade universitária, onde os estudantes circulam acenando com suas longas vestes pretas, uma tradição transmitida ao longo dos séculos e ainda viva nesta pérola de conhecimento. As curiosidades de viagem também são inúmeras Aveiroapelidada de “Veneza Portuguesa” pelos seus canais, revela o “moliceiros“, Os típicos barcos coloridos e esbeltos. Por outro lado, o tesouro de Porta, o vinho que partilha o nome da sua cidade. Uma degustação em uma das muitas adegas é essencial nesta esplêndida realidade, empoleirada nas alturas que margeiam o curso do Douro. Porta é o cheiro do seu vinho, uma embriaguez relaxada com vista para o curso plácido do rio Ou eu Barcos Rabelosbarcos usados ​​anteriormente para o transporte de barris. A alma do centro é a distrito do Ribeira, Para ver o Catedral da Sé com vista para a cidade, e a ponte de ferro Dom Luís Iadmirável infra-estrutura projetada em 1881 por Teófilo Seyrigestudante de Gustavo Eiffel.

Depois de um brinde sincero a esta cidade que você está passando coração de Portugal para visitar o encantado Éden de Bussacouma área protegida que alberga espécies vegetais de todo o mundo: deixe-se encantar pelo mamute cedro do Bussaco, o rei da floresta. A Joalharia em Portugal organizado por Viaggidea Europaleva você a descobrir uma terra mágica, entre natureza e cultura, e termina no centro de Tomar, a antiga cidade portuguesa dos Templários. A Península Ibérica é uma ponte entre o Mediterrâneo e o Atlântico, África e Europa, o velho e o novo continente, história e imaginação, escolha o seu percurso e prepare-se para descobrir novos mundos.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.