Em Brescia, a Summer Cup para menores de 12 anos: também os azuis em busca da glória

Bréscia. A doze dias da final do Troféu Lampo – Nations Cup, que coroou Áustria (masculino) e Coreia do Sul (feminino) pela primeira vez em vinte anos de história, as quadras da via Signorini del Tennis Forza e Costanza 1911 Brescia estão prontas para acolher de volta as ambições de alguns dos menores de 12 anos mais promissores no cenário mundial.

Assim como em Rakovnik (República Tcheca), Cabourg (França) e Gdynia (Polônia), em Brescia é a vez de uma das quatro fases classificatórias da Summer Cup da Dunlop, o antigo Nations Challenge (como era chamado até 2021) que mudou de nome devido ao desejo da Tennis Europe de padronizar sob o mesmo rótulo as competições por nações de todas as categorias de jovens, de menores de 12 a menores de 18 anos. Mas, de resto, no evento organizado por Massimo Ogna, Alberto Paris e Gianni Capacchietti, tudo permaneceu inalterado: com oito nações disputando as duas vagas para a final marcada para 4 a 7 de agosto em Ajaccio, na Córsega.

Na cidade, porém, o jogo é disputado de quinta-feira, 21 de julho, a domingo, 24 de julho, com os três primeiros dias dedicados à fase de grupos e o último reservado aos dois play-offs de qualificação e às finais dos 5º e 7º lugares. Além da Itália, que nas quatro edições disputadas entre 2017 e 2021 no Olímpica Tênis Rezzato sempre conseguiu se classificar, Bulgária, Croácia, Grécia, Israel, Holanda, Portugal e Turquia também estão na largada.

A seleção italiana, novamente comandada por Alberto Tirelli como nas duas últimas edições do evento, ele poderá contar com Ludovica Casalino da Puglia, Sofia Ferraris de Friuli e Anna Nerelli da Toscana, que chegaram a Brescia após uma viagem de cinco dias à Croácia, para um amistoso em preparação para a Copa de Verão pela Dunlop. Na quarta-feira, para além da cerimónia inaugural com os hinos nacionais e da apresentação oficial das diferentes formações, houve também o encontro entre os capitães, durante o qual o árbitro Sigismondo Favia fez o sorteio para os dois grupos. A Itália se encontra no Grupo B com Croácia, Bulgária e Turquia (primeiro adversário dos italianos na manhã de quinta-feira a partir das 8h45), enquanto Israel, Holanda, Portugal e Grécia se enfrentam no grupo A. jogar um lugar em Ajaccio com o segundo do grupo B, e vice-versa.

As duas partidas do Grupo B ainda serão disputadas a partir das 8h45. pela manhã, enquanto os jogos do Grupo A estão marcados para a tarde, novamente a partir das 14h, para tornar a experiência de jogadores, capitães e torcedores ainda mais agradável.

O PROGRAMA
De quinta-feira 21 a sábado 23 de julho: fase de grupos. Grupo A: reuniões a partir das 14h Grupo B: reuniões a partir das 8h45 Domingo, 24 de julho: play-offs de qualificação, 5º/6º lugar da final, 7º/8º lugar da final. Cada desafio inclui três partidas: duas simples e uma dupla. ENTRADA GRATUITA.

GRUPO DOIS
Grupo A: Israel, Holanda, Portugal, Grécia.
Grupo B: Itália, Croácia, Bulgária, Turquia.

ENCONTROS DO PRIMEIRO DIA
Grupo A (14h00): Israel x Holanda, Portugal x Grécia.
Grupo B (8h45): Itália x Turquia, Croácia x Bulgária.

TREINAMENTO DE COMPETIÇÃO
Bulgária: Kristina Kaneva, Karolina Kostova, Evgeniya Stoyanova. CEP: Albena Tsvetkova.
Croácia: Mia Brozina, Marta Džanic, Sophia Santos. Cap: Davor Jaic.
Grécia: Christiana Christopoulou, Danai Margariti, Lydia Panagiotidou. Cap: Dimitrios Mizios.
Israel: Ofir Manhard, Tohar Mulakandov, Liza Richterman. Cap: Igor Yunin.
Itália: Ludovica Casalino, Sofia Ferraris, Anna Nerelli. Cap: Alberto Tirelli.
Holanda: Stéphanie Blaauwwijk, Emma Sanchez, Floor van Haaster. Boné: Quirine Lemoine.
Portugal: Sofia Almeida, Beatriz Angélico, Kika Lima. CEP: Frederico Lopes.
Turquia: Göksu Derin Bugay, Ela Duzovalilar, Ecrin Lal Yavuz. CEP: Zafer Yasin Alpay.

Cooper Averille

"Praticante de cerveja incurável. Desbravador total da web. Empreendedor geral. Ninja do álcool sutilmente encantador. Defensor dedicado do twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.